105 mil visitantes no Forte da Graça após requalificação

105 mil visitantes no Forte da Graça após requalificação

: em quase dois anos de abertura ao público, chegou aos 105 mil visitantes, com a grande maioria a vir do outro lado da fronteira.

O monumento foi alvo de intervenção, ao longo de 11 meses, que se traduziu na recuperação da casa do governador, o ponto mais alto do forte, das casas dos oficiais e restantes elementos arquitetónicos, tendo sido ainda repostas todas as cores e materiais originais do Forte e recuperadas as estruturas, nomeadamente a cisterna, a prisão, as galerias de tiro e a capela, onde foram descobertos frescos do século XIX, também eles alvo de intervenção.

Em menos de um mês da abertura, a 20 de dezembro de 2015, Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas, ofereceu um livro da candidatura de Elvas como “Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações” ao visitante 10 mil a entrar no Forte da Graça, que veio do Algarve para conhecer o imponente monumento, classificado em 2012 como Património Mundial.

As visitas tem contado com uma presença muito significativa de visitantes espanhóis, atingindo cerca de 40 por cento das entradas. Contudo, já entraram no Forte da Graça, pessoas oriundas de várias nacionalidades, recaindo a maioria nas nacionalidades alemã, brasileira, chinesa, francesa e inglesa. De um modo geral quem procura este monumento não conhece a sua grandiosidade; por isso, fica admirado com a sua dimensão, recuperação e vista que se desfruta, em especial em dias de boa visibilidade.

Este monumento, pelo seu grande impacto nacional e internacional, tem chamado a atenção de vários órgãos de comunicação. A revista Fugas, do jornal Público, destacou o Forte da Graça na sua seção Miradouros de Portugal. A revista sugere 20 miradouros, que são um “lugar elevado de onde se avista um horizonte largo”, sublinhando que o Forte da Graça, em Elvas, conta com uma “vista aberta a 360º sobre a charneca alentejana”. O Forte foi palco de gravações da série televisiva da RTP “Ministério do Tempo”, uma série histórica que mostrou Portugal de ontem e de hoje e que teve na cidade Património Mundial o seu cenário. Algumas das cenas da nova novela da SIC, 

“Paixão”, também foram gravadas no Forte da Graça. Esta foi a segunda vez que a cidade Património Mundial foi escolhida para gravação de cenas pelas produtoras, algo que nunca tinha acontecido antes da requalificação deste monumento. Também já esteve em destaque no programa de índole turística da televisão japonesa TBS (Tokyo Broadcasting System), com um documentário histórico que terá a duração de uma hora. O Forte da Graça surgiu em evidência na revista Smart/Cities Cidades Sustentáveis, sobretudo por possuir beacons, tecnologia única no Mundo, que permite aos seus visitantes interagir com o monumento. Já foi palco de um telejornal da TVI.

O Forte da Graça venceu o “Prémios Turismo do Alentejo” 2015, na categoria Melhor Projeto Público do Alentejo, tendo os vencedores sido anunciados na cerimónia de entrega dos galardões, em Sines. Os Prémios Turismo do Alentejo são promovidos pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo e pretendem distinguir e divulgar projetos de significativa importância turística, que tenham também tido o seu contributo para a melhoria da oferta turística do destino e para o reforço da competitividade do sector na região.

Ao longo do ano, estão agendadas visitas especiais, com explicação histórica, onde os participantes têm a possibilidade de descer até à cisterna instalada no reduto central do forte, que permitia abastecer esta fortificação militar e toda a sua guarnição em tempos de ocupação, assim como as contraminas, essenciais como sistema defensivo, já que permitia reforçar a segurança dos militares aquando da possibilidade de ocupação por parte das forças invasoras e que, no dia-a-dia, se encontram encerrados ao público. Estas visitas, até ao momento, estiveram sempre com lotação esgotada.

A Câmara Municipal de Elvas, para melhor servir os visitantes, apostou numa plataforma móvel com interação com os beacons, via Bluetooth. Os beacons estão disponíveis por vários locais do Forte da Graça e possibilitam ao visitante ter acesso a informação sobre esta fortificação militar e o local onde se encontra, sem ser necessário fazer a visita guiada. Para além disso, a app proporciona um conjunto de informação sobre a cidade de Elvas, como notícias, eventos ou ainda nas redes sociais.

Para além da sua cotação histórica, o Forte da Graça, tem sido procurado para a realização de vários eventos, tais como conferências, exposições, concertos e reuniões, entre outros, tornando-se assim um monumento muito versátil.

A 25 e 26 de novembro para assinalar o segundo aniversário da reabertura após as obras de requalificação, os visitantes podem conhecer esta grandiosa obra da arquitetura militar com entradas gratuitas.

Venha conhecer a Joia da Coroa, de terça a domingo, das 10 às 17 horas, e fique maravilhado com a estrutura, o tamanho do edifício militar, a paisagem e todos os encantos de cada recanto.

CME