Autarquias apoiam campanha “Corações de Amanhã”

Views: 94

Mais de 100 autarquias portuguesas estão a promover a divulgação da campanha “Corações de Amanhã” junto dos seus habitantes. Esta iniciativa, promovida pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC), com o Alto Patrocínio da Presidência da República, assinala o Dia Mundial dos Avós, e tem como objetivo sensibilizar para a estenose aórtica, uma doença que afeta pessoas com mais de 70 anos.

 “A estenose aórtica é uma doença de uma válvula do coração que afeta pessoas mais idosas e por isso muitas vezes os seus sintomas (cansaço, dor no peito, desmaios) são desvalorizados pela associação errada ao envelhecimento. Desta forma é importante investir os nossos esforços no reconhecimento dos sintomas da doença por parte da população, permitindo assim, um diagnóstico e encaminhamento mais rápido dos doentes”, refere Lino Patrício, coordenador nacional da campanha “Corações de Amanhã”.

A aorta é a principal artéria do nosso corpo que transporta sangue para fora do coração. Quando o sangue sai do coração flui da válvula aórtica para a artéria aorta. A válvula aórtica tem como função evitar que o sangue bombeado pelo coração não volte para trás. Na presença de estenose, a válvula aórtica não abre completamente, vai ficando cada vez mais estreita e isso diminui o fluxo sanguíneo do coração. Se não for detetada atempadamente esta doença pode limitar muito a qualidade de vida e até ter um desfecho letal.

A campanha “Corações de Amanhã” pretende aumentar o conhecimento e compreensão sobre estenose aórtica, promovendo o seu diagnóstico e tratamento precoce. Para mais informações sobre a campanha “Corações de Amanhã” consulte: www.coracoesdeamanha.pt

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular, uma entidade sem fins lucrativos, tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular.

Autarquias parceiras da campanha “Corações de Amanhã”: