Câmara Municipal de Monforte com a atribuição do “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano”.

A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) atribuiu selos de qualidade a várias entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água e saneamento de águas residuais urbanas, entre as quais foi distinguida a Câmara Municipal de Monforte com a atribuição do “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano”.
Às entidades distinguidas foi entregue um certificado e concedido o direito de usar a imagem do selo no âmbito da sua comunicação institucional, nomeadamente no sítio da Internet e publicidade. A cerimónia de entrega dos selos decorreu no dia 8 de novembro, durante a 12ª Expo Conferência da Água, em Lisboa, onde esteve presente o Presidente do Município, Gonçalo Lagem, acompanhado por três funcionários afetos ao Serviço Municipal de Água, nomeadamente, João Junceiro, José Carlos Bagorro e Sérgio Martins.
Em declarações, Gonçalo Lagem afirmou que, “como é óbvio, os grandes responsáveis por esta distinção são os funcionários do Município. Todos quantos contribuem diariamente com competência para que a segurança e a qualidade da água seja uma constante na vida de todos os consumidores, os nossos munícipes. Ao executivo compete reconhecer esse trabalho, estimular o seu desempenho, valorizar o seu esforço, para que se motivem mais certificados destes de ano para ano. Porque conhecemos cada passo que é dado e o caminho que é percorrido até este reconhecimento. Se conhecermos o importantíssimo papel que cada um dos funcionários desenvolve, facilmente constatamos o quão árduo é este trabalho. O desafio é grande… gerir este escasso recurso e otimizar as diferentes fontes de abastecimento. Mas depois há a verificação constante dos níveis dos reservatórios, há as ingratas e infelizmente comuns ruturas, os obrigatórios e exigentes tratamentos… Depois disto tudo, ainda conseguem que a água que é consumida no Concelho de Monforte seja a melhor, ou das melhores… Sim estou orgulhoso, feliz e muito grato. Parabéns a todos… aos que estão e aos que não estão na foto”.
Segundo informação veiculada pela ERSAR “com esta iniciativa, evidencia-se a existência de um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores, que passam a conhecer as entidades que prestam o melhor serviço em diferentes áreas. Pretende-se também sensibilizar as entidades gestoras para as questões da qualidade na conceção, execução, gestão e exploração dos sistemas.
Indicadores como água segura, perdas reais de água, ocorrência de falhas no abastecimento, reciclagem de resíduos de recolha seletiva, resposta a reclamações e cobertura de gastos foram alguns dos parâmetros avaliados. Com a atribuição do “Selo de qualidade exemplar da água para consumo humano” pretendeu-se evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória (2016), tenham assegurado uma qualidade exemplar da água para consumo humano, nomeadamente verificando cumulativamente todos os critérios previstos no regulamento”.
Esta iniciativa da ERSAR foi realizada em parceria com o Jornal Água&Ambiente e integraram também o Júri várias entidades representativas do setor, designadamente a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), a Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), a Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH), a ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos, a APEMETA – Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais e a DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

CMM