Veículo a gás natural para a Cruz Vermelha de Elvas

Um veículo automóvel, ligeiro de passageiros, movido a gás natural, foi entregue ao Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, na manhã desta quinta-feira 14 de junho. A doação foi feita pela empresa “Dourogás”, que tem uma bomba de gás natural veicular, na fronteira do Caia.
 
Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas, testemunhou esta entrega, uma vez que o autarca tinha tido um papel determinante na concretização desta oferta. Na ocasião, Nuno Mocinha afirmou que “a empresa tinha apostado em Elvas”, através do posto de abastecimento do Caia, sobretudo “pela localização do concelho no eixo Lisboa-Madrid” e, por isso, pelo “tráfego elevado de veículos pesados de mercadorias”, uma parte deles já a consumir gás natural.
 
Isabel Mascarenhas, diretora do Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, agradeceu a entrega da viatura, que considerou “vir colmatar uma carência” no desenvolvimento das atividades sociais da sua instituição.
 
João Filipe Jesus, diretor-geral da “Dourogás”, defendeu as vantagens deste tipo de combustível, que se apresenta como “muito menos poluente” em relação a outros produtos mais tradicionais, com a vantagem de “se apresentar a cerca de metade do custo” do gasóleo e da gasolina.
 
CME