4ª Edição da Revista Pormenores nas bancas

Views: 1034

Multiplicidade de caminhos e de gentes

A abrangência e transversalidade dos temas abordados continuam a ser pontos-chave da política editorial da revista. A conjugação entre as inúmeras especificidades da região e a sua visão enquanto um todo torna-se o principal desafio.

Da Universidade de Évora e o seu sonho antigo em entrar pelo mundo da Medicina ao sector da cortiça, da agricultura biológica ao papel actual do sindicalismo, de Évoramonte como Sítio de Paz à viola campaniça de Castro Verde, de um fotógrafo alemão naturalizado “alentejano” ao peso histórico do associativismo no seio do Alentejo, das praias do Litoral Sudoeste ao artesão, do Turismo de Natureza aos parques de campismo ecológicos, transparece a elogio e a crítica, o esforço em mostrar uma região que se preserva e que evolui.

Mas são as pessoas que dão sentido a tudo isto, as que cá vivem, as que de cá saíram e as que, de alguma forma, se sentem ligadas ao Alentejo. Urbano Tavares Rodrigues, homem do mundo das letras e pensador de uma sociedade em convulsão comparte a sua obra e a sua visão do mundo. Cyro Baptista, músico e um dos maiores percussionistas da actualidade, brasileiro de nascimento, português por descendência e afinidade, aporta uma perspectiva virada para o exterior, uma visão mais alargada do mundo, porque nem só do Alentejo vivem os alentejanos.

A.M.

Comments: 0