Associação Desportiva de Alter conquista Taça da AFP

Views: 122

Associação Desportiva de Alter conquista Taça da AFP

A equipa de seniores de futsal da Associação Desportiva (AD) Alter conquistou, na tarde de domingo, a Taça da Associação de Futebol de Portalegre (AFP), depois de bater a equipa do Futebol Clube (FC) Monfortense por seis bolas a cinco.

Já se esperava uma final intensa e equilibrada no Pavilhão Municipal de Monforte, mas a partida superou todas as expectativas, dentro e fora de campo, com muito público nas bancadas a apoiar as duas equipas. Em resposta, os jogadores de ambas as equipas proporcionaram um grande jogo de futsal, com muitos e bons golos, numa clara demonstração da qualidade do futsal do Alto Alentejo.

A AD Alter esteve sempre na frente do resultado, mas viu o FC Monfortense a empatar sucessivamente o jogo. No final do período regulamentar, o empate a quatro bolas levou o jogo para prolongamento e foi aí que a equipa de Alter do Chão se adiantou por dois golos. Já com guarda-redes avançado, o FC Monfortense ainda reduziu, mas a AD Alter não deixou fugir a Taça e festejou efusivamente a sua conquista.

No sábado, também em Monforte, a AD Alter eliminou o Clube de Futebol “Os Avisenses”, numa partida marcada pelo abandono de campo por parte da equipa de Avis a cerca de cinco minutos do final, devido a protestos com a equipa de arbitragem. Já o FC Monfortense bateu a turma do Terrimponente ACDR por 12 bolas a 4, carimbando igualmente a sua presença na final.

No final da partida, o treinador da equipa do AD Alter, Marco Gonçalves, considerou que a vitória “foi justa” e acrescentou que a equipa adversária “valorizou” a conquista do troféu.

O treinador destacou o “grande espectáculo” de futsal, aplaudiu a organização e o público que, na sua opinião, “foi fantástico” ao longo dos dois dias.

“Quero agradecer a todos os que, nestes dois dias, nos foram apoiar a Monforte e ajudaram a ter aquela força extra para alcançar a vitória neste troféu, que era um dos nossos objetivos para a época, mas não o único. No próximo sábado temos já outro jogo bastante difícil contra a equipa B do Eléctrico FC para o play-off da fase de apuramento do campeão distrital”, declarou Marco Gonçalves.

Já do lado do Monfortense, o treinador Francisco Beirão lamentou as falhas defensivas, principalmente nas bolas paradas e ainda a falta de eficácia dos seus jogadores.

“Foi um jogo muito equilibrado e o que fez a diferença foram as nossas falhas defensivas, porque considero que fomos superiores, criámos mais oportunidades, mas o resultado faz-se de golos e a equipa de Alter foi mais eficaz”, referiu o treinador da equipa do FC Monfortense.

AF Portalegre