Câmara de Elvas aprova 35 medidas de apoio a famílias e empresas

Views: 120

A Câmara Municipal de Elvas, na reunião do seu Executivo, em 10 de fevereiro, aprovou um pacote de 35 medidas de apoio a famílias e empresas, com vista a atenuar as dificuldades por que estão a passar os mais afetados pela pandemia. Desta forma, a Câmara Municipal, dentro das suas competência e capacidade financeira, estudou estas medidas que abarcam a generalidade do tecido etário e social do concelho: estudantes do primeiro ciclo ao ensino superior, crianças, juventude, idade ativa, idade de ouro, empresas e famílias. Em matéria de resposta às dificuldades impostas pela Covid-19, a Câmara de Elvas tem estado sempre na linha avançada, procurando antecipar as medidas a tomar, mas sempre com a preocupação de as deliberar de acordo com a legalidade e a capacidade financeira do Município. Assim, para as famílias, vão ser canalizados 772 mil euros e, para empresas, 679 mil euros, num total de um milhão 451 mil euros.

Outro assunto abordado nesta reunião foi a desagregação de freguesias que, no caso do concelho de Elvas, se coloca nas freguesias de Terrugem, Vila Boim, Barbacena e Vila Fernando. A Câmara Municipal entende que este tema deve ser abordado de acordo com o enquadramento legal que vai ser feito pela Comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República. Por outro lado, a Câmara defende que uma posição municipal deve ser tomada depois de conhecida a vontade expressa pelas populações envolvidas. Assim, as populações de Terrugem, Vila Boim, Barbacena e Vila Fernando podem contar com a Câmara Municipal, que se compromete a defender uma desagregação de freguesias desde que a lei o permita e seja validada pela vontade das populações diretamente envolvidas nesse processo.

Nesta sessão, foram aprovados apoio ao Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos e Barbaris BTT Team.