Câmara Municipal de Grândola reedita a publicação Tabernas, percursos na memória do concelho

Views: 113

Câmara Municipal de Grândola reedita a publicação Tabernas, percursos na
memória do concelho de Grândola, após grande sucesso da 1.ª edição.
A Casa Mostra de Produtos Endógenos recebeu ontem, dia 18, num final de tarde
morno e pleno de memórias, o lançamento da 2.ª edição do livro Tabernas, percursos
na memória do concelho de Grândola, da autoria de José Manuel Rodrigues e textos
do Professor Alfredo Saramago e do Historiador Paulino Mota Tavares, com edição da
Câmara Municipal de Grândola.
Embalada pelo vento e a vista extasiante do sol a pôr-se no horizonte, com a vinha e a
serra como pano de fundo, a apresentação do livro fez-se com a presença do Presidente
da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, a Diretora Regional de
Cultura do Alentejo, Dr.ª Ana Paula Amendoeira, o autor e fotógrafo da obra, José
Manuel Rodrigues e com a presença de antigos e atuais proprietários das Tabernas de
Grândola, (personagens principais desta obra).

“As tabernas escolhidas para este roteiro foram aquelas que ainda mantém uma
traça tradicional, para que não se perca esta memória, como já aconteceu com
outras e fique o registo. A sua localização da zona litoral à serra e aos
aglomerados urbanos, permite ao visitante desfrutar da diversidade geográfica
do concelho e aperceber-se da ruralidade desta entidade administrativa e cultural
deitada em 45 quilómetros contínuos de areal.” (nota de apresentação, p.4)

Passados 22 anos da 1.ª edição, há muito esgotada e de grande sucesso, a intenção de
manter na memória de todos a existência das tabernas, traduziu-se nesta 2.ª Edição, a
partir essencialmente de um trabalho fotográfico distinto que dignifica os tempos
vividos nestes locais.
Considerando o notório Desenvolvimento Turístico que se tem vindo a verificar no Concelho
de Grândola, derivado de grandes investimentos públicos e privados, e a importância de garantir
a manutenção da ação sobre a realidade local, de forma a preservar as suas expressões culturais,
hábitos e atitudes e a criar algumas “resistências” que permitam acolher com cordialidade os
visitantes, sem fazer perigar a identidade cultural e a coesão social dos núcleos rurais e urbanos,
importa valorizar a existência destas obras.

“Muita coisa mudou no nosso Concelho desde 1998, mas a linha condutora
continua a ser a mesma – implementar um modelo de desenvolvimento
sustentável, integrado e harmonioso, que valorize e preserve a nossa cultura, a
nossa história e os nossos hábitos, costumes e tradições.” (Presidente)

O livro Tabernas, percursos na memória do concelho de Grândola estará brevemente
disponível para aquisição no Posto de Turismo de Grândola. Para mais informações
contactar os serviços.