Cerca de 100 veículos são esperados na Baja TT ACP Santiago do Cacém /Grândola

Views: 84

Cerca de 100 veículos são esperados na Baja TT ACP Santiago do Cacém /Grândola

A prova do Automóvel Club de Portugal – ACP, a segunda jornada de um
dos mais competitivos campeonatos de Todo o Terreno da Europa, que
decorre entre 6 e 8 de março foi apresentada ontem aos jornalistas numa
conferência de imprensa que decorreu na sede do ACP em Lisboa.
A Baja TT inclui a prova de carros a contar para o Campeonato de
Portugal de Todo o Terreno e para a Taça de Portugal de Todo o Terreno
e extra campeonato para Motos, Quads e SSV.
Na prova, os concorrentes vão navegar por trilhos traçados entre os
Municípios de Santiago do Cacém e Grândola com passagem por
Alcacer do Sal e Sines, num total de 250 Km.
Orlando Romana, do ACP, referiu que a grande novidade da Baja TT é o
facto de 50% dos troços do piso a percorrer serem em areia, sendo um
percurso que é uma novidade absoluta para o Campeonato de Portugal
de Todo o Terreno.
O centro de operações vai ficar sediado no Auditório António Chainho,
em Santiago do Cacém, onde têm lugar as verificações técnicas, a
assistência e o parque fechado. A Cerimónia de partida tem lugar dia 6
de março, ao final da tarde em Santo André.

No sábado, dia 7, tudo se passa no Concelho de Grândola com três
troços cronometrados. O prólogo de 4Km, o SS1 com 60 Km, o SS3 com
50 Km e dois reagrupamentos no Parque de Feiras e Exposições.
O último dia da prova, tem um único troço, o SS3, desenhado ao longo
de 140Km no concelho de Santiago do Cacém. A entrega de prémios
será no Auditório António Chainho.
O presidente do ACP, Carlos Barbosa, referiu que a prova vai ser um
sucesso, um bom desafio para a região, e um começo “de algo que pode
ser muito grande daqui a uns anos”.
Na sua intervenção, O Presidente da Câmara Municipal de Grândola,
António Figueira Mendes, referiu a importância da prova para a
promoção e divulgação do Concelho. Salientou a grande preocupação a
nível ambiental que o Município tem no que diz respeito ao
desenvolvimento turístico e económico, que se pretende ser sustentável.
No âmbito dessa estratégia, disse que os percursos para a Baja TT
foram estudados e escolhidos com a maior sensibilidade tendo em conta
a preocupação na preservação da paisagem, procurando ao mesmo
tempo tornar a prova atractiva e sustentável. O autarca, referiu a grande
dinâmica desportiva implementada no Concelho de Grândola, e a aposta
do Município no desporto, que fica agora mais completa com a área de
todo o terreno.