Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril em Grândola Comissão de Honra reúne pela primeira vez

Views: 187

A Comissão de Honra das comemorações dos 50 anos do 25 de abril em Grândola, constituída
por 15 personalidades representativas da sociedade e que ao longo dos últimos 50 anos têm
contribuído para o desenvolvimento do concelho e para a consolidação da democracia e da
liberdade, reuniu pela primeira vez, esta quarta-feira. No encontro de trabalho que decorreu
no Cineteatro Grandolense, o Município apresentou um conjunto de ações com o objetivo de
construir um programa abrangente que celebre e valorize o 50º aniversário do 25 de abril e os
seus ideais de democracia, fraternidade, igualdade, como explicou o Presidente da Câmara,
António Figueira Mendes: «Sendo “Grândola, Vila Morena” um símbolo da revolução,
queremos um programa para todos que perpetue nas gerações mais novas a importância da
data. Este primeiro projeto de programa que hoje apresentámos aos membros da Comissão de
Honra engloba um conjunto ambicioso de ações: música e artes, exposições, documentários e
cooperação, entres outras áreas». O programa das comemorações dos 50 anos do 25 de abril
vai decorrer de outubro de 2023 a dezembro de 2024.
Município de Grândola e Direção Regional da Cultura do Alentejo propõem
classificação do registo fonográfico Grândola Vila Morena como património nacional
Na reunião, o Presidente da Câmara e a Diretora Regional de Cultura do Alentejo assinaram
um protocolo de colaboração para classificação do património fonográfico Grândola Vila
Morena. No documento as duas entidades acordam «desenvolver uma efetiva cooperação no
sentido da valorização do património sonoro, nas suas múltiplas formas, levando a cabo as
ações necessárias ao seu reconhecimento patrimonial e consequente proteção e preservação,

nomeadamente de documentos sonoros associados à canção “Grândola, Vila Morena”, da
autoria de José Afonso, no momento em que se celebram os 50 anos do “25 de Abril”».