Comemorações dos 500 anos de Foral Manuelino – Barbacena – Elvas

Views: 504

Barbacena é uma freguesia portuguesa do concelho de Elvas. Segundo os últimos dados, em 2011, tinha uma área de 31,11 km² e contava com 663 habitantes.

Embora seja uma pequena localidade, Barbacena tem um passado glorioso.

No âmbito de uma reforma administrativa nacional, Barbacena foi agregada à freguesia de Vila Fernando e formaram uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Barbacena e Vila Fernando da qual Barbacena é a sede.

Barbacena localiza-se a 15 km de Elvas, 7 km de São Vicente e Ventosa, 5 km de Vila Fernando, 20 km de Monforte, 9 km de Santa Eulália, 22 km da Espanha e 220 km de Lisboa.

Desde o séc. XIII que a vila de Barbacena se afirmou como uma vila de matriz aristocrática. Teve o seu primeiro foral em 17 de abril de 1273 e o segundo em 15 de dezembro de 1519 atribuído pelo rei D. Manuel I.

Reconhecida desde o tempo de D. Afonso Henriques pelos esforços da localidade na construção do país, nomeadamente na participação ativa das guerras para conquistar o território, Barbacena foi sede de concelho de um território à sua volta. Este reconhecimento foi feito através da Carta de Foral, um documento atribuído pelo rei, que visava estabelecer um concelho e regular a sua administração através de deveres e privilégios. Barbacena ficou, assim, fora do alcance dos senhores feudais. Respondia diretamente perante o rei, garantindo este proteção militar e oferecendo ainda terras à comunidade para cultivo. Em nome do rei, havia uma organização denominada “concelho de vizinhos”, que governava o concelho, recolhendo impostos e fazendo justiça. Associado à existência do foral manuelino está o Pelourinho, que foi erguido na praça da vila para simbolizar o poder e autoridade municipal.
No presente ano de 2019, completam-se 500 anos da atribuição do Foral Manuelino à terra de Barbacena. Trata-se naturalmente de uma data histórica muito importante e que não podemos deixar de assinalar. Assim, com o objetivo de divulgar o nosso passado, iremos comemorar alguns dos episódios históricos mais célebres, como a atribuição do Foral, envolvendo a nossa população neste evento.