Conselho Municipal de Educação de Moura

Views: 152

Conselho Municipal de Educação de
Moura reuniu a 11 de julho
Realizou-se a terceira reunião do CMEM do ano letivo 2018/2019, registando-se a participação
quase total dos seus membros.
As escolas do concelho apresentaram a avaliação final relativa ao ano letivo 2018/2019, com
apresentação de uma evolução positiva dos resultados obtidos a nível geral por parte de todos os
níveis de ensino, tendo sido identificados projetos e metodologias que estão a contribuir para o
sucesso escolar do concelho, nomeadamente o PESIM em todo o concelho e o EPIS no
Agrupamento de Escolas de Amareleja.
A agregação do Agrupamento de Escolas de Moura e a Escola Secundária de Moura, aprovada
pela Secretaria de Estado para iniciar no próximo ano letivo 2019/2020, cuja qualidade e equidade
do ensino aos alunos de 3o ciclo será garantida com a integração de todas as turmas na Escola
Secundária de Moura, foi um assunto também tratado. Todos os participantes na reunião
desejaram sucesso a esta reorganização escolar e mostraram-se disponíveis para colaborar neste
processo.
A Vereadora Lurdes Balola referiu um conjunto de propostas que terão impacto no sucesso
escolar e melhores condições de ensino de aprendizagem para o próximo ano letivo, a saber:
 Esvaziamento da EB1 do Bairro 25 de Abril, cujas turmas serão integradas na EB1 da
Porta Nova.
 A projeção do projeto Centro Escolar dos Bombeiros com financiamento garantido.
 O projeto “Ler Melhor” para a promoção da leitura e da escrita, nos dois Agrupamentos
de Escolas (Moura e Amareleja).
 A Câmara Municipal de Moura em parceria com os Agrupamentos de Moura e Amareleja
integrou o projeto “Escolas Vulneráveis” com intervenção para o sucesso educativo, nas
Escolas do Fojo e de Póvoa de São Miguel.
 A implementação do curso profissional de Turismo Ambiental e Rural da Escola
Profissional de Moura, um projeto-piloto de Escola-Empresa a convite da Fundação
Soares dos Santos.
 A intervenção ao nível da pintura de todo o edificado da EB1 do Fojo pelos 100
voluntários do programa Abem – Rede Solidária para o Medicamento.
 Informou ainda que estão a decorrer as negociações entre a autarquia, a DGEST e o
Instituto Politécnico de Beja com vista à criação de um Curso Técnico de Ensino Superior
Profissional (CTESP) em Moura, na área da Informação e Comercialização Turística, a
ser implementado na Escola Profissional de Moura

CMM