Delphi: Depois de 2009 Ponte de Sor prepara o Futuro no Dia de Portugal

Views: 86

A Câmara Municipal de Ponte de Sor apresenta, em sessão pública com limitação de acesso para
cumprimento de normas da DGS, no dia 10 de junho pelas 10 horas, o projeto do futuro Centro
Empresarial Tecnológico de Ponte de Sor.
O programa prevê uma sessão de abertura, com intervenção do Presidente da Câmara Municipal,
Hugo Hilário, seguida de mesa redonda “Delphi, passado, presente e futuro”, transmissão do
filme de apresentação do projeto e um concerto do grupo de música portuguesa “Vento
Lusitano”, que antecede a sessão de encerramento com intervenção do Secretário de Estado do
Planeamento, Ricardo Pinheiro.
Será a mais avultada empreitada alguma vez executada pelo Município, ascendendo o
investimento, com financiamento comunitário, a 9 milhões de euros.
O Centro Empresarial e Tecnológico será um espaço polivalente, moderno, tecnológico,
ambientalmente sustentável e atrativo, destinado a acolher empresas, investigação e promover
a qualificação e formação de pessoas para as necessidades regionais, dando assim resposta às
muitas solicitações que têm sido dirigidas ao Município por parte do tecido empresarial,
manifestando vontade de investir em Ponte de Sor e confiando na estratégia e potencial
diferenciador do concelho e preparando a população para os desafios futuros, como a já
anunciada construção da primeira aeronave ligeira portuguesa.
O espaço contará com um Centro Museológico evocativo da sua memória histórica e com apoio
de equipamentos como auditório, centro de exposições, cafeteria entre muitos outros “um
parque empresarial inovador e moderno, tecnologicamente avançado e que assegura uma
resposta de futuro aos nossos desafios de desenvolvimento, como a fixação de empresas e
criação de emprego em setores tão diversos como o aeroespacial, tendo já sido anunciado que
o integrador nacional das empresas aeroespaciais ficará aqui sediado” refere Hugo Hilário,
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor.
“Iremos fazer nascer naquele espaço, cuja história está gravada na nossa memória coletiva como
motor de progresso, um Centro Empresarial e Tecnológico que será fonte de futuro e
desenvolvimento.”
A unidade fabril da norte americana Delphi, que chegou a ser o maior empregador privado no
distrito, produzia apoios e mecanismos para portas de correr automatizadas e sistemas de
proteção de ocupantes para vários modelos de veículos automóveis, quando fechou no final de
2009, em Ponte de Sor, uma das unidades da empresa em Portugal.