Exposição “Escritas em Seda e Prata” Em Borba na próxima semana

Views: 6016

No próximo dia 13 de Junho, pelas 17.30horas, terá lugar a inauguração oficial da Exposição “Escritas em Seda e Prata”, no Convento das Servas de Cristo, em Borba.

A Exposição “Escritas em Seda e Prata” constitui uma Mostra colectiva da artista de têxteis canadiana Patrícia Loucks e dos artistas em joalharia portugueses Cláudia Branco e Miguel Tomás.

Em Junho de 2008, a artista de têxteis canadiana, Patricia Loucks (Bedford, Nova Scotia), esteve pela primeira vez no Centro de Artes da Fundação Obras, em Evoramonte. O seu regresso, este ano, deve-se ao seu fascínio por alguns elementos do ambiente local, como o mármore, as aldeias brancas, as antas, o vento e a luz. Tais elementos inspiraram-na a fazer peças que transmitem o seu estado de espírito e sentimento, enquanto os observava. Patricia Loucks usa bordado, remendos e técnicas de impressão em seda, lã e algodão. Muitas das suas peças são transparentes, brancas e leves. A exposição combina trabalhos portugueses e canadianos.

Os artistas em joalharia, Cláudia Branco, de Borba, e Miguel Tomás, de Estremoz, foram convidados a participar na exposição. Os seus trabalhos são o oposto dos de Patricia Loucks, uma vez que são pequenos, sólidos e feitos de metais preciosos. Contudo, eles combinam intrigantemente com os de Patricia Loucks, devido à complementaridade e por apresentarem um conceito similar.  

Patricia Loucks é graduada pela faculdade de Arte e Design de Nova Scotia e participou em muitos workshops relacionados com têxtil. Como artista profissional, trabalha numa variedade de formas, incluindo “shibori”, tecelagem, feltro, serigrafia, tingimento, bordados e colchas. Os seus trabalhos estiveram expostos em várias galerias no Canadá e no estrangeiro e fazem parte de muitas colecções privadas e públicas.

Cláudia Branco tem frequentado, desde 2004, aulas de joalharia com Dorte Gradíssimo e  tem também participado em diversos workshops, como fundição em areia, cravação de pedras e esmaltes. Participou em Exposições colectivas mostrando o seu trabalho em Évora em 2006 e 2008.

Miguel Tomás fez a sua formação em joalharia em José Pedro, Design de Jóias, em Lisboa. Realizou exposições em Lisboa (Museu Nacional de Arqueologia, Mosteiro dos Jerónimos) e Tomar. Recentemente Miguel Tomás vive e trabalha em Estremoz. Além dos seus trabalhos artísticos, Miguel Tomás trabalha no restauro de jóias em ouro e prata.

A Exposição “Escritas em Seda e Prata” estará patente no Convento das Servas de Cristo, em Borba, entre os dias 10 e 26 de Junho, incluindo fins-de-semana e feriados. Ao fim de semana e feriados a mostra estará aberta ao público entre as 14.00h e as 18.30h e de Segunda a Sexta-feira poderá ser visitada entre as 10.00h e as 12.30h ou entre as 14.00h e as 18.30h.

Comments: 0