FESTIVAL 20.21 TRAZ DE NOVO A MÚSICA CONTEMPORÂNEA A ÉVORA

Views: 137
FESTIVAL 20.21 TRAZ DE NOVO A MÚSICA CONTEMPORÂNEA A ÉVORA

A Câmara Municipal de Évora organiza, em 2019, a segunda edição do Festival 20.21 – Évora Músicas Contemporâneas, o qual conta com direção artística de Amílcar Vasques Dias e com as parcerias da CriaSons e da Arte no Tempo.

À semelhança de 2018, a programação do festival abrange a diversidade da produção musical do século XX até à atualidade. Obras de compositores internacionalmente reconhecidos e de jovens compositores emergentes são apresentadas por intérpretes portugueses durante três dias, no Teatro Garcia de Resende.

Da ópera à música de câmara, do concerto a solo às músicas electroacústicas, da conferência ao diálogo com especialistas, durante o festival, Évora é um lugar de pensamento e criação na variedade de géneros, estilos e estéticas musicais que caracterizam os séculos XX e XXI.

O programa do Festival 20.21 – Évora Músicas Contemporâneas contempla:

Dia 14 de Junho

– Conferência por João Ranita da Nazaré, “Do quadro operatório das Ciências Sociais na explanação das Músicas Contemporâneas”, Salão Nobre do TGR, 18h00;

– Concerto “Portugal e a sua música – Joana Gama, piano”, TGR, 21h30;

– Concerto e performance Visual –Xesy, com Luís Luz e Filipe Rebelo, Praça Joaquim António de Aguiar, 23h30

Dia 15 de Junho

– Recital de Piano “Infinito Azul – Homenagem a José Luís Ferreira”, por Ana Telles, TGR, 18h00

– Concerto “Liturgia dos Pássaros”, Daniel Bernardes, TGR, 21h30

Dia 16 de Junho

– Conferência por Ana Telles, “Em torno do Projecto Infinito Azul”, TGR, 15h00

– Concerto – Persistência, CriaSons, Salão Nobre do TGR, 18h00

– Ópera TNSoMDN, Tudo Nunca Sempre o Mesmo Diferente Nada, de Tiago Cutileiro, TGR, 21h30.