Jornadas Europeias do Património em Beja

Views: 307

Dia 28 de Setembro, no âmbito das Jornadas Europeias do Património, celebraremos o barro e os seus mestres no encontro Memórias do Barro. A história da argila confunde-se com a história da humanidade. Desde há pelo menos dez milénios que esta matéria-prima acompanha e serve para contar a história do Homem. Não é inocente a sua utilização na metáfora da criação um pouco por todo o mundo, dos textos abraâmicos à história oral africana. Do barro cria-se vida e, desse modo, também as memórias desse barro confundem-se com as memórias dos Mestres. É esta viagem pela ancestralidade do barro, pela sua versatilidade e polissemia de usos e significados, que propomos celebrar no dia 28 de setembro, homenageando os tesouros humanos vivos, transportadores da sabedoria e da arte, mestres Isabel Semedo, Isaclino, Edna Varela, Virgínia Fróis, António Mestre e Isaclino. Este encontro integra-se ainda numa residência mais ampla, de cerca de um mês, das escultoras Edna Varela e Isabel Semedo promovidas pela Câmara Municipal de Beja / Centro UNESCO – Beja, Associação Cultural Oficinas do Convento, Centro de Artes e Ofícios de Trás di Munti, e Câmara Municipal de Barcelos.

Pretende-se divulgar e valorizar junto em Portugal os saberes tradicionais ligados à olaria caboverdiana, numa lógica de partilha de experiências e trocas culturais, envolvendo artistas, artesãos e jovens portugueses. Ainda no âmbito das JEP, também no Centro UNESCO – Beja, será realizada no dia 29 de Setembro, pelas 15h, uma palestra com o tema Beja Medieval, entre o Mundo Islâmico e o Mundo Cristão,pelo Professor Hermenegildo Fernandes (FLUL).

CMB