Município de Moura avança com candidatura para reabilitação de Igrejas

Views: 117

Município de Moura avança com
candidatura para reabilitação de Igrejas

A Câmara Municipal de Moura reuniu, em sessão extraordinária, na segunda-feira, 29 de junho.
De entre os assuntos que integravam a ordem de trabalhos, destaque para a aprovação das propostas
de Protocolo de Colaboração entre a Fábrica da Igreja de São João Batista de Moura, a Fábrica da
Igreja Paroquial de Santo Aleixo da Restauração, a Direção-Geral do Tesouro e Finanças, o Município
de Moura e a Direção Regional de Cultura do Alentejo. Os protocolos, a firmar entre as referidas
entidades, irão permitir à Câmara Municipal candidatar, já esta terça-feira, a execução das obras de
reabilitação das igrejas de São João Batista, em Moura, e da Igreja Matriz de Santo Aleixo da
Restauração. A autarquia, irá também financiar com uma percentagem simbólica este investimento e
elaborar os projetos de conservação e reabilitação. Cabe à Direção-Geral do Tesouro e Finanças,
assegurar o montante mais significativo da contrapartida nacional da candidatura.

Também aprovada, por unanimidade, foi a proposta de Protocolo de Colaboração entre a Direção-
Geral do Tesouro e Finanças, o Município de Moura e a Direção Regional de Cultura do Alentejo, com

vista à realização de obras de conservação na zona definida do troço n.o2 das Muralhas Modernas de
Moura, bem como o início do procedimento do concurso público referente à Empreitada de
Reabilitação do Edifício do Antigo Matadouro para Museu Municipal de Moura – 2.a fase.
Ainda por unanimidade, foi aprovada a proposta de reconhecimento de Interesse Municipal da Central
Solar “Sun Arrochais”, localizada na Herdade dos Arrochais, em Amareleja, que representa um
investimento na ordem dos 140 milhões de euros.
Por maioria, com os votos favoráveis do Executivo PS e a abstenção dos Vereadores da CDU, foi
aprovada a proposta de protocolo a estabelecer entre a EDIA – Empresa de Desenvolvimento e
Infraestruturas do Alqueva, S.A. e o Município de Moura, que estabelece os termos e condições em
que é assegurada a gestão, exploração, manutenção e conservação do novo Cais Ancoradouro da
Estrela.