Os Verdes voltaram a “puxar” com sucesso pelo Ramal de Portalegre

Views: 116

O Ramal de ligação da estação ferroviária atual à Zona Industrial de Portalegre foi uma das infraestruturas que Os Verdes voltaram a colocar como uma prioridade nas conversações, com o Governo, prévias ao Orçamento de Estado e da qual obtiveram garantias de o Estudo para o Ramal avançar.

Garantia esta que foi posteriormente confirmada, publicamente, pelo Ministro das Infraestruturas, quando questionado pelos Verdes na Comissão Parlamentar da especialidade do OE, que decorreu na passada quarta feira, na Assembleia da República.

Esta confirmação é o fruto de uma longa luta e pressão de Os Verdes, que já vem da anterior legislatura, e que recolheu toda o apoio da população Portalegrense, no entanto, o PEV não vai “dormir descansado” até os primeiros dados do Estudo serem apresentados. 

Esta vitória foi ainda reforçada pela confirmação do início, já em janeiro, do Plano Ferroviário Nacional (PFN), outra bandeira do PEV que deu origem a uma Resolução da Assembleia da República. Este PFN é um elemento de planeamento estratégico fundamental para consolidar a rede ferroviária nacional e colocá-la ao serviço do desenvolvimento do país e nomeadamente do interior.

O grande debate público que vai permitir será determinante para que as populações e entidades no interior possam puxar pelas suas necessidades de mobilidade. No caso do distrito de Portalegre é uma grande oportunidade para recolocar em cima da mesa não só o papel estratégico da Linha do Leste, se for eletrificada e melhorado o seu serviço com mais horários e comboios rápidos de ligação a Lisboa, mas também e ainda, a reabertura do Ramal de Cáceres e a articulação da Linha do Leste com a de Sines Caia, matéria em negociação atualmente entre Os Verdes e o Governo, assim como a Plataforma logística em Elvas.