Portalegre No “Dia da Robinson” – Os Verdes Voltam a Reafirmar a Urgência do Museu e “Levam” Espólio para as Ruas da Cidade

Views: 110

No “Dia da Robinson” – Os Verdes Voltam a Reafirmar a Urgência do Museu e “Levam” Espólio para as Ruas da Cidade

Portalegre despertou hoje com as principais ruas da cidade e “bairros operários” engalanados, com pendões alusivos à Fábrica Robinson.

“Memória com Futuro – Fábrica Robinson a Museu” são as palavras que emolduram as fotografias das chaminés, dos portões, da fachada, dos carros de bombeiros e de todo um conjunto vasto de espólio da corticeira Robinson que o Partido Ecologista Os Verdes quer ver preservado e valorizado, num museu que retrate a memória corticeira de Portalegre.

Esta iniciativa do PEV visa não deixar cair no esquecimento e no abandono todo este vasto património, cuja classificação está a decorrer, no seguimento de uma iniciativa de Os Verdes, e que foi subscrita por um conjunto de portalegrenses ativos na defesa da Robinson.

Era habitual que, neste dia 17 de setembro, “Dia da Robinson”, o respetivo espaço fosse palco de iniciativas da Fundação e da Câmara Municipal, mas o desinteresse destas duas entidades pela preservação e valorização deste património levou a que nem isso se realizasse este ano.

Obviamente que a Covid será o pretexto usado para justificar esta inércia, mas na realidade esta já vem antes da Covid, como por exemplo, o facto de a Fundação continuar com parte do Conselho de Administração demissionário, sem tomar uma única iniciativa ou decisão e sem pagar salários a trabalhadores.

Os Verdes, por seu lado, adaptando-se à Covid, arranjaram com estes pendões forma de comemorar o “Dia da Robinson” e de reafirmar assim a necessidade de musealização daquele espaço, dando através disso um enorme contributo não só para a preservação de memórias mas também para o  desenvolvimento cultural e económico de Portalegre.