(PSP) OPERAÇÃO “SOLIDARIEDADE NÃO TEM IDADE” – Balanço intermédio

Views: 97

OPERAÇÃO “SOLIDARIEDADE NÃO TEM IDADE” – Balanço intermédio

 

A Polícia de Segurança Pública (PSP) em julho de 2021 deu início à Operação “Solidariedade Não Tem Idade/2021”.

 

Esta operação de cariz preventivo, anualmente concretizada pela PSP desde 2012 e implementada em todos os Comandos de Polícia da PSP maioritariamente através das Equipas de Proximidade e Apoio à Vítima, tem como o objetivo principal a deteção tão precoce quanto possível de casos de fragilidade social entre a população sénior.

Em geral, os idosos, pelas suas vulnerabilidades físicas e psíquicas, tornam-se vítimas preferenciais em relação a crimes contra o património (roubo, burla, extorsão), contra a liberdade pessoal (ameaça, coação, sequestro) e contra a integridade física (ofensa à integridade física, violência doméstica, maus-tratos). A estas vulnerabilidades somam-se, pontualmente, as de cariz económico, materializadas em frágeis condições de habitação, higiene, saúde pública, saúde individual (muitas vezes dependentes de medicação regular) e ou alimentação. E todas estas variáveis, sem um círculo familiar ou de vizinhança ativos e solidários, potenciam as situações de anonimato que inviabilizam eventuais intervenções de cariz assistencial, podendo mesmo, por vezes, culminar na morte do idoso.

Os Polícias destas Equipas procuram recolher indícios de maior vulnerabilidade física e psíquica ou de situações suspeitas de crimes, seja de violência doméstica, seja contra a vida ou integridade física, eventualmente agravados pela situação epidemiológica da COVID -19. Posteriormente, a PSP partilha esta informação e aciona meios de resposta social em coordenação com as diversas entidades parceiras.

Na edição deste ano e até à presente data, os nossos Polícias realizaram mais de 3000 contatos individuais, sinalizando 535 idosos por riscos vários.

Na edição de 2020 desta operação foram concretizados mais de 6 000 contatos individuais pelos Polícias sendo sinalizados 981 idosos, dos quais 891 em situação de risco social, com 508 encaminhados de imediato para apoio urgente por se encontrarem em situação de elevado risco.

Na operação “A Solidariedade não tem idade” a PSP exerce as competências de prevenção criminal (e de prevenção prioritária) que lhe estão genericamente atribuídas, fazendo-o em cooperação com instituições locais e em apoio a outras entidades nas suas competências de apoio/assistência social ou serviços médicos, salvaguardando as áreas de intervenção próprias de cada uma.

A Operação prolongar-se-á até ao final do presente mês de setembro.

Apelamos aos cidadãos que conheçam situações de isolamento extremo ou de fragilidade, que façam chegar essa informação à Polícia de Segurança Pública que prestará uma resposta célere.

Essa informação poderá ser prestada diretamente na Esquadra ou pelo contato proximidade@psp.pt