Reguengos de Monsaraz aderiu ao Movimento Municípios pela Paz

Views: 87

Reguengos de Monsaraz aderiu ao Movimento Municípios pela Paz

O executivo municipal aprovou por unanimidade na reunião de câmara de 15 de maio a adesão da autarquia ao Movimento Municípios pela Paz e, por inerência, aos “10 Compromissos pela Paz”. A autarquia pretende desenvolver a atividade municipal no âmbito da promoção da paz nas áreas da educação, da cultura e do desporto.

O Movimento Municípios pela Paz foi criado no âmbito de uma iniciativa conjunta da autarquia do Seixal e do Conselho Português para a Paz e Cooperação, tendo os municípios fundadores definido um conjunto de compromissos pela paz. Ficou assim decidido promover um calendário de eventos públicos que assinalem o Dia Internacional da Paz (21 de setembro), o Dia Internacional para a Abolição Total das Armas Nucleares (26 de setembro), os bombardeamentos nucleares de Hiroxima e Nagasáqui (6 e 9 de agosto) e o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz (6 de abril).

O Município de Reguengos de Monsaraz tem como uma das principais prioridades a defesa dos direitos fundamentais da sua população, fomentando a elevação do seu nível cultural e a eliminação das desigualdades e de todo o tipo de violência. A autarquia considera também que é muito importante promover o intercâmbio de experiências e a promoção de iniciativas convergentes com outros municípios e entidades que integram o movimento.

Nos compromissos assumidos reconhece-se que a paz é essencial à vida humana e uma condição indispensável para o progresso, o bem-estar, a democracia, a liberdade dos povos e para um mundo melhor para toda a humanidade. O movimento considera igualmente que a defesa do espírito e dos princípios da Carta das Nações Unidas e da Constituição da República Portuguesa são a base fundamental para promover a liberdade, a democracia, o fim das guerras, a conquista da paz, a afirmação da soberania e independência nacionais, o desenvolvimento de relações internacionais equitativas e pacíficas e uma política de amizade e cooperação com todos os povos do mundo.

CMRM