Reguengos de Monsaraz: Organização Mundial de Turismo distinguiu a Cumeada como uma das melhores aldeias turísticas

Views: 176

Organização Mundial de Turismo distinguiu a Cumeada como uma das melhores aldeias turísticas

A Organização Mundial do Turismo distinguiu ontem a Cumeada, aldeia do concelho de Reguengos de Monsaraz, na categoria de “Melhor Aldeia Turística”, durante a 24.ª Assembleia Geral da Organização Mundial do Turismo, que decorreu em Madrid. A Cumeada deve o seu nome a uma elevação, um cume, e o povoamento dessa região supõe-se que remonte a épocas pré-históricas.

Localizada a sete quilómetros de Reguengos de Monsaraz e próxima do Grande Lago Alqueva, na Cumeada predomina o setor da agricultura, mas na última década tem recebido um impulso turístico na área do astroturismo, recebendo milhares de turistas para participarem nas atividades desenvolvidas na sede da Reserva Dark Sky Alqueva, que resultou da adaptação de uma antiga escola primária. Para não prejudicar as observações astronómicas durante a noite, o Município de Reguengos de Monsaraz substituiu as luminárias de iluminação pública e colocou tecnologia LED que permite controlar, sempre que necessário, a sua intensidade.

A Cumeada foi distinguida como uma das melhores aldeias turísticas do mundo por ser um exemplo notável de um destino de turismo rural com reconhecidos ativos culturais e naturais, que preserva e promove valores, produtos e estilos de vida rurais e comunitários, mas que também tem um claro compromisso com a inovação e a sustentabilidade nas áreas económica, social e ambiental. Nesta primeira edição da “Best Tourism Villages by UNWTO” foram propostas 174 aldeias por 75 estados membros da Organização Mundial do Turismo, tendo o conselho consultivo independente atribuído este reconhecimento a 44 aldeias de 32 países de todos os continentes, entre as quais a Cumeada e Castelo Rodrigo em Portugal.

 

Para além das melhores aldeias turísticas do mundo, entraram outras 20 aldeias no programa de melhoria desta iniciativa para que recebam apoio e possam no futuro cumprir os critérios para receberem a distinção. Todas as 64 aldeias fazem agora parte da Rede das Melhores Aldeias de Turismo da Organização Mundial do Turismo.