VISITA A VILA VIÇOSA DO SENHOR EMBAIXADOR JOSÉ FILIPE MENDES MORAES CABRAL

Views: 316

VISITA A VILA VIÇOSA DO SENHOR EMBAIXADOR JOSÉ FILIPE MENDES MORAES CABRAL, PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DA UNESCO

Quando ainda permanecem bem vivos os ecos da recente reunião das Comissões Científica e Executiva e dos Parceiros Institucionais da Candidatura de Vila Viçosa a Património Mundial da UNESCO, a Câmara Municipal de Vila Viçosa deu mais um passo na prossecussão deste desígnio colectivo com a visita do Senhor Embaixador José Filipe Mendes Moraes Cabral, Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, que teve lugar no dia 15 de Janeiro de 2019, sendo acompanhado pela sua esposa.
Nesta visita, o Senhor Embaixador foi acompanhado pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Manuel Condenado, pelo Vice-Presidente, Luís Nascimento, pela Directora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, pela Directora do Museu Biblioteca da Casa de Bragança, Maria de Jesus Monge, pelo membro da Comissão Executiva da Candidatura, Licínio Lampreia, e pelos membros do Gabinete de Apoio à Presidência, Vítor Mila, Ana Rocha e Jacinta Serrano.
Tratou-se de uma visita no âmbito da conclusão do dossiê final da candidatura de Vila Viçosa à Lista do Património Mundial da UNESCO. O programa incluiu várias actividades com destaque para a cerimónia oficial de recepção que ocorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho e para a visita a locais representativos do património cultural calipolense, sobretudo tutelados pela Fundação da Casa de Bragança. 
No decorrer da cerimónia inicial, Manuel Condenado fez questão de apresentar a situação actual do dossiê de candidatura, destacar as mais recentes evoluções e expor as fases ulteriores e definitivas deste processo, salientando a relevância da cooperação da comunidade local, institucional e científica. Em seguida, o Senhor Presidente da Comissão Nacional da UNESCO referiu que apesar do conjunto das exigências e dos apertados critérios de análise do Comité do Património Mundial, o bem Vila Viçosa, vila ducal renascentista tem condições para integrar a lista da UNESCO, dado que possui um valor universal excepcional. Depois, salientou o notável trabalho ao longo do processo de candidatura realizado pela autarquia calipolense, concluindo, contudo, que ainda é preciso olhar com redobrada atenção para a zona de tampão e, principalmente, para a consistência e articulação do Plano de Gestão com a extensa zona da Tapada Real, aspectos que serão certamente objecto de uma análise minuciosa por parte dos peritos internacionais.
Ao longo do final da manhã e durante toda a tarde, o Senhor Embaixador visitou um vasto conjunto patrimonial que incluiu o Castelo Artilheiro, o Palácio Ducal, o Terreiro do Paço e várias Igrejas, grande parte do qual pertencente à Fundação da Casa de Bragança, sob a orientação da Dr.ª Maria de Jesus Monge. 
Certamente que esta visita permitiu ao Senhor Presidente da Comissão Nacional da UNESCO uma percepção e um conhecimento mais rigoroso dos valores e das valências singulares e mais evidenciadas do património cultural de Vila Viçosa. 
Enfim, dado que a candidatura se encontra numa fase definitiva e irreversível, esta visita constituiu um contributo muito enriquecedor e um incentivo encorajador para esta etapa derradeira do processo que pretende inscrever Vila Viçosa na lista dos bens classificados como Património Mundial, razões pelas quais reputamos esta iniciativa de grande importância estratégica.

CMVV