30º Volta ao Alentejo – “Alentejana” faz trinta anos

Views: 676

Três décadas consecutivas na estrada são o reflexo da vontade e empenho das gentes alentejanas para quem a Volta ao Alentejo em bicicleta representa não apenas um dos mais importantes acontecimentos na região, mas simultaneamente uma tradição que desejam manter bem viva. Este ano com a colaboração do Crédito Agrícola Costa Azul a prova vai engalanar-se e comemorar o trigésimo aniversário, sob a égide organizativa da Lagos Sports.

Depois de tantos anos fora do mapa da competição, Castelo de Vide recebe o início da 30ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola Costa Azul a 22 de Março. Durante quatro dias serão percorridos 676,7 quilómetros com o colorido do pelotão repartido pelas diversas regiões do alto, baixo e litoral alentejano até terminar em Grândola no dia 25.

A realização da “Alentejana”, nascida em 1983, é, por si só, um acontecimento, mas agora, do alto dos seus trinta anos, não restam dúvidas de que se trata do maior evento desportivo da região onde vão alinhar os melhores representantes do pelotão nacional.

Depois da concentração em Castelo de Vide, as 20 equipas participantes, que compõem um pelotão de 158 homens, vão começar por pedalar 165,8 quilómetros na primeira etapa. Até concluir a tirada na vila de Redondo vão passar pelo Crato, Alter do Chão, Fronteira, Sousel e Estremoz. A Serra de Ossa, por duas vezes, será o “Ponto Alto” do circuito que conduzirá a caravana ao Redondo.

Para o segundo dia está reservado o maior trajecto da competição deste ano. São 191,3 quilómetros, a partir de Portel que aproximam a caravana do litoral alentejano. Há passagens por Viana do Alentejo e Alcácer do Sal antes da chegada a Santiago do Cacém, com a meta instalada na Avenida Dom Nuno Álvares Pereira.

No sábado a prova começa em Odemira e termina em Ourique sem qualquer sobressalto de montanha. Esta terceira etapa com 168,6 quilómetros tem passagens por Cercal do Alentejo, Sonega, Porto Covo, Sines, Santiago do Cacém, Aljustrel e Castro Verde. Em Ourique, na Avenida 25 de Abril estará montado o grande palco para acolher os heróis do asfalto.

Na derradeira tirada, a 25 de Março, corre-se a distância mais curta com apenas 151 quilómetros. O pelotão, depois de sair de Mértola, cruzará a planície até às imediações da Serra de Grândola. Após o prémio de montanha de terceira categoria restam cerca de 20 quilómetros para chegar ao fim. A linha de meta está traçada na Avenida António Inácio da Cruz, em Grândola, e o pelotão ao atravessar esse ponto estará a concluir a 30ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola Costa Azul.

A expectativa quanto ao vencedor neste trigésimo aniversário da prova é enorme devido ao facto de ninguém ter conseguido até ao momento ganhar duas vezes. Trata-se de uma curiosa e inédita marca desportiva mundial que ganha significado a cada edição que passa.

30Volta Alentejo Credito Agricola CostaAzul_Percurso (2)

Comments: 0