Basquetebol – 21ª Jornada do CNB2 – Zona Sul/A

Views: 431

SCC/Delta Cafés – 84
Carnide – 77

Finalmente chegou a quinta vitória do Campeonato. Foi o regresso às boas exibições por parte dos “galgos”, que dominou o marcador desde o início. O Carnide ainda recuperou no último quarto, mas os alentejanos de uma forma racional e inteligente seguraram a vitória.

No primeiro quarto o SCC teve uma prestação assinalável, com ataques esclarecidos, boa defesa sofrendo apenas 13 pontos, e contra-ataques bem construídos. O parcial de 20-13 claramente demonstra a superioridade dos “galgos”. No segundo parcial e com as normais rotações de jogadores, a equipa de Campo Maior voltou a defender bem, e no ataque continuou a ter a necessária paciência para ultrapassar a defesa “box and one” imposta para parar o base Tiago Oliveira. Parcial de 17-13 para os “galgos”, que ao intervalo contavam com 11 pontos de vantagem, 37-26.
Provavelmente tenham sido os melhores 20 minutos do SCC nesta segunda volta do Campeonato.

O terceiro período começou com dois lances livres a favor do Carnide, por falta técnica ao treinador do SCC no início do intervalo. As queixas foram por uma falta clara não assinalada em penetração de Tiago Pires nos últimos segundos do segundo período, e pelo facto de ao Carnide apenas se lhe terem apitado 4 faltas em 20 minutos, contra 11 ao SCC.
Houve reacção do Carnide, no entanto a equipa da casa manteve a distância, vencendo novamente o parcial por 23-22. Nestes 10 minutos o SCC não defendeu tão bem, no entanto esteve esclarecido no ataque, resolvendo desta forma a pior performance defensiva.
No derradeiro período do jogo, os ataques das duas equipas foram bem superiores às defesas. O parcial de 24-29 para os de Lisboa revela a fraca intensidade defensiva de ambos conjuntos. De certeza que os “galgos” irão repensar para a última partida do Campeonato, a forma como defenderam estes últimos 10 minutos, pois 29 pontos sofridos provavelmente não tenham sofrido em nenhum período deste CNB2.
O Carnide ainda fez tremer os alentejanos, conseguindo estar a 3 pontos de diferença. O motivo desta recuperação deveu-se a uma alteração táctica da equipa do SCC, que durante algum tempo jogou com apenas um poste e 4 jogadores “baixos”. Não foi bem sucedida, e depois de um desconto de tempo mais as necessárias substituições, voltou o equilíbrio e a vantagem dos da casa foi até aos 11 pontos finais.

Vitória justa e convincente de um SCC que finalmente demonstrou ter mais qualidade do que espelha a classificação, frustrando assim os muitos detractores que a equipa tem. Pela primeira vez esta época superaram-se os 80 pontos, quando o normal é não chegar aos 60.
Arbitragem com erros mas sem influenciar o resultado final.

Marcadores do SCC: Pedro Carranca – 20 pontos; Gonçalo Piçarra – 6 pontos; Rui Fonseca – 3 pontos; Radu Spînache – 4 pontos; Marco Miranda – 0 pontos; Tiago Oliveira – 30 pontos; Bruno Pedro – 4 pontos; Gonçalo Roxo – 0 pontos; Tiago Pires – 2 pontos; José Pereira – 3 pontos; Orlando Milhano – 12 pontos.

No próximo Sábado, pelas 17 horas, o SCC desloca-se à Malveira, naquele que será o derradeiro jogo deste CNB2. Espera-se que os “galgos” vençam para terminar o Campeonato com 6 vitórias. O adversário é o último classificado com apenas uma vitória, e não havendo surpresas o SCC poderá terminar no oitavo lugar.

 

Secção de Basquetebol do S.C.Campomaiorense

Pedro Sereno

Comments: 0