Autárquicas/Évora: Candidato do PSD garante que não vai fazer promessas

Views: 511

Évora, – O candidato do PSD à Câmara de Évora, António Dieb, defendeu ontem um concelho mais atractivo e competitivo, em termos territoriais, e garantiu que não vai fazer uma única promessa durante a campanha para as autárquicas deste ano.

“Queremos uma cidade que, em termos territoriais, seja mais atractiva e competitiva. Por isso, apostamos em quatro grandes eixos: urbanismo, património, actividade económica e solidariedade social”, afirmou António Costa Dieb.

O candidato social-democrata falava aos jornalistas no Tribunal da Comarca de Évora, depois de formalizar a sua candidatura às eleições autárquicas de 11 de Outubro, acto em que esteve presente o mandatário da lista, o antigo Governador Civil de Évora Luís Capoulas.

António Costa Dieb indicou que a sua candidatura vai desenvolver propostas em áreas como o ordenamento do território, recuperação urbana, revitalização e valorização do património, atractividade de investimento, turismo, cultura e solidariedade e apoio às famílias.

À saída do tribunal, o candidato deixou um pedido aos seus adversários políticos na corrida à Câmara de Évora para que haja respeito pelos eleitores.

“Vamos respeitar as pessoas. Não vamos fazer promessas quando temos a certeza que não as podemos cumprir, vamos preservar as instituições e sejamos capazes de elevar o debate”, disse, mostrando-se optimista quanto a um bom resultado nas eleições autárquicas deste ano.

“Estou aqui, porque quero ser presidente da Câmara de Évora e porque acredito que tenho condições para exercer essas funções. Se irei conseguir ganhar as eleições, isso é uma coisa que está nas mãos das pessoas”, sustentou.

Garantindo que não pretende fazer promessas durante a campanha eleitoral, António Costa Dieb quer, em alternativa, assumir compromissos e, com base nesses compromissos, executar os mandatos.

Presidido pelo socialista José Ernesto Oliveira, o executivo da Câmara Municipal de Évora é composto, no actual mandato, por três eleitos do PS, três da CDU e um do PSD.

José Ernesto Oliveira já anunciou a recandidatura ao cargo, pelo PS, enquanto a CDU vai apostar na candidatura do advogado Eduardo Luciano.

O geógrafo Luís Madeira é o candidato do CDS-PP, sendo que o Bloco de Esquerda ainda não apresentou o candidato ao município alentejano.

SYM.

Lusa/Tudoben

Comments: 0