Estremoz/Música: Exposição sobre obra de Michel Giacometti em Estremoz

Views: 840

estremoz_imgA exposição “Para uma memória de Michel Giacometti”, etnomusicólogo que divulgou a tradição musical portuguesa, está patente 24 de abril no Centro Cultural Dr. Marques Crespo, em Estremoz, anunciou hoje o município local.

A mostra inclui 29 painéis e um DVD com alguns programas da série “Povo que Canta”, e faz o levantamento do trabalho “mais importante” de Giacometti, um investigador nascido na Córsega que veio para Portugal em 1959, onde faleceu 31 anos depois.

A exposição, inaugurada sábado, inclui ainda alguns projetos desenvolvidos por Michel Giacometti, evidenciando o resultado do seu trabalho nos muitos documentos criados, que fixaram e tornaram perpétua uma cultura de tradição oral, e que são hoje fonte essencial para o estudo da música e da cultura tradicionais portuguesas.

No âmbito desta exposição, o município de Estremoz promove a 17 de abril, às 16:00, no Centro Cultural Dr. Marques Crespo, um concerto e uma conferência proferida pela diretora do Museu da Música Portuguesa, Conceição Correia, subordinada à temática da mostra.

O concerto pela Associação do Imaginário, integra temas de músicas tradicionais portuguesas recolhidas pelo etnomusicólogo.

A exposição “Para uma memória de Michel Giacometti” foi cedida ao Museu Municipal de Estremoz pelo município de Cascais, através do Museu da Música Portuguesa (Casa Verdades de Faria), onde foi exibida pela primeira vez em 1999.

Giacometti decidiu fixar-se em Portugal em 1959, iniciando uma investigação musical no nordeste transmontano que alargou depois a todo o país e que incluiu a recolha de documentação musical depois publicada em duas dúzias de edições fonográficas, com destaque para a Antologia da Música Regional Portuguesa, em cinco volumes.

Michel Giacometti nasceu em Ajaccio, na Córsega, em 1930, e morreu em Faro, em 1990.

TCA.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/Tudoben

Comments: 0