Évora/Gastronomia: Évora torna-se “capital” gastronómica de Portugal em maio e mostra potencial da cozinha mediterrânica

Views: 1645

DSC_0403_1Cerca de duas dezenas de “chefs” portugueses e estrangeiros vão mostrar os seus dotes culinários em Évora, em maio, num evento internacional dedicado às gastronomias mediterrânicas, em que os participantes também poderão cozinhar e provar as “iguarias”.

Esta é uma das muitas componentes do certame “Alentejo das Gastronomias Mediterrânicas”, em Évora, de 03 a 09 de maio, e que envolve ainda uma conferência internacional, conversas temáticas, workshops, jantares com “chefs” ou a Semana das Comidas de Azeite, em 32 restaurantes de todo o Alentejo.

O evento é promovido pela Turismo do Alentejo, Turismo de Portugal e Confraria Gastronómica do Alentejo, com o apoio da Câmara Municipal de Évora e da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana.

“Trata-se de um grande evento internacional de gastronomia e, ao longo de uma semana, Évora vai ser a capital da gastronomia em Portugal”, afiançou hoje à Agência Lusa o presidente da Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva.

A valorização da gastronomia, dos produtos tradicionais e da cozinha e cultura mediterrânicas, com natural enfoque no Alentejo, são os objetivos da iniciativa, que assume ainda uma preocupação transversal com outros temas, como o bem-estar, a saúde e um estilo de vida saudável.

“É um grande evento de reflexão e debate em torno do produto gastronomia e vinhos e da forma como este deve ser trabalhado e vendido no mercado”, disse Ceia da Silva.

Logo no arranque, no primeiro dia, decorre a conferência internacional “Gastronomia Mediterrânica: um tesouro de gerações”, com especialistas de Portugal e do estrangeiro.

Os oradores vão analisar e debater a evolução da gastronomia mediterrânica, a sua importância para uma dieta alimentar saudável, os seus produtos, as novas gerações de protagonistas e a gastronomia enquanto produto turístico relevante, segundo a organização.

Uma das ações paralelas do certame é a Festa das Gastronomias Mediterrânicas, nos dias 07 e 08 de maio, no Jardim Público, sempre entre as 17:00 e as 23:00, com perto de duas dezenas de “chefs”, portugueses e de outras nacionalidades, que trabalham em restaurantes nacionais.

Neste “palco”, os “amantes” de cozinha que se inscrevam nas aulas de culinária vão poder “meter as mãos na massa” com os “chefs” e aprender truques e dicas sobre como selecionar e confecionar produtos e usar os ingredientes.

Já durante o “showcooking”, os cozinheiros amadores vão ver com os seus próprios olhos como cozinham estes grandes “chefs”, o mesmo acontecendo na iniciativa Cozinha com Degustação, com o bónus de, no final, poderem provar as “iguarias” acabadas de confecionar.

Os workshops do evento gastronómico decorrem a 04 de maio, no mesmo dia em que arrancam as conversas temáticas, que se prolongam até dia 07 e contam com especialistas que, num ambiente mais informal, vão fornecer ao público conselhos e técnicas gastronómicas.

Já os Jantares com os Chefes, outra das componentes do certame, decorrem em quatro hotéis da cidade – Convento do Espinheiro, Mar D’Ar Aqueduto, Pousada dos Lóios e Hotel D. Fernando -, com dois “chefs” residentes e outros dois convidados.

RRL.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/Tudoben

Comments: 0