Mora:Município reclama obras na EN251 e responsabiliza Governo pela “insegurança” da via

Views: 499

O município de Mora reclamou hoje obras de beneficiação na Estrada Nacional 251 (EN251), no troço que liga a sede de concelho a Pavia, responsabilizando o Governo pela “insegurança” naquela acessibilidade, devido à “falta de investimento”.

    A Câmara Municipal de Mora, em comunicado, atribui a “insegurança” à “falta de investimento e de apoio do Governo”, já que as obras de beneficiação e de alargamento das pontes existentes no troço “foram de novo rejeitadas, pelo segundo ano consecutivo”, nas verbas do programa de investimentos do Estado.

    O município, de maioria CDU, diz ter proposto ao Governo a inclusão desta empreitada, assim como de outras para o concelho, no Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) para 2009.

    “Nenhuma delas foi aprovada”, sublinha o município, um dos cinco concelhos do distrito de Évora sem qualquer montante inscrito na proposta governamental do PIDDAC.

    A reivindicação de obras na EN251 por parte da câmara de Mora surge, segundo o comunicado, depois de “mais um acidente, de que resultou um ferido grave, ocorrido esta semana” na via.

    O município alentejano garante que tem vindo a fazer “um assinalável investimento em todas as estradas municipais” do concelho, sem que esse “esforço” tenha sido “acompanhado pelo poder central relativamente às Estradas Nacionais (EN)”.

    “Por isso, temos vindo a exigir do Governo que, em sede de Orçamento, através do PIDDAC, reforce o investimento nas EN que atravessam o concelho”, reclama a autarquia, acusando o Executivo do PS de “constante discriminação”.

   

    RRL.

    Lusa/Tudoben

Comments: 0