Portalegre: Assembleia Municipal aprova orçamento camarário de 28,6 ME para 2010

Views: 3713

portalegre_2Portalegre, 29 Dez (Lusa) – A maioria PSD/CDS-PP da Assembleia Municipal de Portalegre aprovou hoje de madrugada o orçamento camarário para 2010, no valor de 28,6 milhões de euros, com a abstenção do PS e os votos contra da CDU.

O orçamento, votado conjuntamente com as Grandes Opções do Plano, representa uma diminuição de dois milhões de euros em comparação com 2009 e de menos 11 milhões de euros em relação a 2008.

Este orçamento tinha já sido aprovado em reunião de câmara, com os votos favoráveis dos três eleitos do PSD e a abstenção dos três vereadores do PS e do vereador da CDU.

Em declarações à agência Lusa, no final da reunião da Assembleia Municipal, que terminou já de madrugada, o presidente do município, Mata Cáceres (PSD), considerou tratar-se do orçamento “possível”, em época de “contenção”.

“Este é o orçamento possível, estamos numa fase de contenção. Nós temos, neste momento, um conjunto de obras aprovadas que perfazem 40 milhões de euros. Vamos, de certeza, receber mais algumas verbas ao longo do ano para reforçar estes 28,6 milhões de euros”, disse.

O autarca garantiu que, apesar do orçamento estar “longe” do que gostaria, o próximo ano “não vai ser de estagnação”.

“A minha grande expectativa está em torno de um conjunto de investimentos privados que vão surgir, para desequilibrar esta situação”, sublinhou.

As obras de requalificação do Museu de Portalegre, as obras de regeneração urbana na antiga fábrica Robinson, situada no centro da cidade, a construção de uma central de biomassa e a construção de um reptilário são alguns dos projectos previstos para 2010.

Mata Cáceres frisou que pretende ainda reforçar o apoio às juntas de freguesia e “continuar a apostar” na área social e cultural.

A discussão entre a oposição e o executivo durante a Assembleia Municipal de Portalegre prolongou-se por mais de seis horas, com pontos a merecerem, por parte dos deputados municipais, discussão acalorada.

Durante a sessão, foi ainda aprovado um empréstimo superior a 810 mil euros para apoio à tesouraria daquele município alentejano.

HYT.

Lusa/Fim

Comments: 0