Balonismo: Primeiro voo do maior festival português de balões decorreu com normalidade

Views: 869

baloes_ar_quenteAlter do Chão, Portalegre, 09 Nov (Lusa) – O primeiro voo livres da 13.ª edição do maior evento português de balonismo, decorrereu hoje com normalidade, permitindo à maioria dos participantes sobrevoar os campos alentejanos de Alter do Chão e Fronteira.

O vento forte impediu, no entanto, que pelo menos quatro dos 48 balões disponíveis, tivessem conseguido levantar voo.

“O primeiro voo decorreu com normalidade, dentro do previsto”, disse à agência Lusa Sandro Camarate da organização da 13.ª edição do Festival Internacional Bp Gás Balões de Ar Quente.

De acordo com o responsável, a região de Portalegre “oferece uma variedade considerável” de paisagens e um clima “propício” à prática da modalidade.

Cerca de meia centena de balões vão colorir até sábado os céus de Alter do Chão e Fronteira durante o Festival Internacional Bp Gás Balões de Ar Quente, o mais antigo do género em Portugal, promovido pela empresa Publibalão.

Este ano o objectivo era fazer do Festival o maior evento de balonismo da Europa com 60 tripulações, um número que não foi alcançado mas que, ainda assim, não elimina as expectativas positivas da empresa promotora.

“Por uma questão orçamental e por não haver condições para ter cá os 60 balões, não foi possível, mas, apesar de só termos 48, o mesmo número do ano passado, continua a ser o melhor festival de balões da Europa, sem dúvida nenhuma”, adiantou Sandro Camarate.

O cartaz inclui, além de voos livres (as habituais viagens de balão) e cativos das escolas, o campeonato nacional e a taça ibérica (ambos com início na quarta-feira) e um “night flow” (dia 13, em Alter do Chão), um espectáculo que combina jogos de luz e música em terra.

HYT/PJA/ROC

Lusa/Fim

Comments: 0