Base Aérea de Beja celebra 44 anos e recebe novo comandante sexta-feira

Views: 914

A Base Aérea nº 11 (BA11), de Beja, celebra 44 anos na sexta-feira e recebe como novo comandante o coronel Manuel Martins, que sucede ao coronel Soares de Almeida, que comandou a unidade militar no último ano.

A transferência de comando, a partir das 11:15, integra-se na cerimónia anual do Dia da Unidade, que será presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Luís Araújo.

Além da “passagem de testemunho” do comando, a cerimónia, que começa às 07:30, inclui, entre outras iniciativas, uma missa, imposição de condecorações e uma exibição das duas únicas patrulhas militares de acrobacia aérea existentes em Portugal e que estão sedeadas na BA11.

Trata-se dos Asas de Portugal, com dois aviões Alphajet, e os Rotores de Portugal, com três helicópteros Alouette III, que estão integrados em duas das quatro esquadras da BA11, respectivamente a 103 (“Caracóis”) e a 552 (“Zangões”).

A BA11, instalada numa área com cerca de 800 hectares próxima de Beja, foi criada em 1964 para corresponder aos acordos bilaterais entre o Estado Português e a então República Federal da Alemanha, com o objectivo de “proporcionar facilidades de treino operacional” para a Força Aérea Alemã, que ocupou a unidade militar alentejana até 1993.

Após a saída dos alemães, a Força Aérea Portuguesa (FAP) passou a gerir a BA11, onde estão instaladas as esquadras 101, 103, 552 e 601.

A Esquadra 101 (“Roncos”), equipada com aviões Epsilon-TB 30, ministra instrução elementar e básica de pilotagem e a Esquadra 103, com aviões Alpha-Jet, ministra instrução complementar de pilotagem em aviões de combate e conversão operacional.

A Esquadra 552, equipada com helicópteros Alouette III, executa operações de transporte aéreo táctico, ministra instrução básica e complementar de pilotagem em helicóptero, além de executar missões de apoio aéreo ao combate, busca e salvamento, transporte geral e ataque a incêndios.

Transferida em Fevereiro deste ano da BA6 do Montijo para a BA11, a Esquadra 601 (“Lobos”), equipada com aviões Lockheed P-3P ORION, executa operações de patrulhamento marítimo, de detecção, localização, seguimento e ataque a submarinos e meios de superfície, de busca e salvamento e de minagem.

Além destas unidades, a BA11 é utilizada por diversos tipos de meios aéreos da FAP e de outras Forças Aéreas estrangeiras para treino e exercícios.

Em 2007, a BA11 foi distinguida com a Medalha de Honra do Município de Beja, atribuída pela Câmara Municipal, pelos “serviços distintos e altamente meritórios prestados ao município”.

LL.

Lusa/Tudoben

Comments: 0