Beja: Câmara PS entrega queixa no MP por indícios de elaboração na autarquia de materiais de propaganda da CDU

Views: 869

beja6Beja – A Câmara de Beja (PS) apresentou uma queixa no Ministério Público por ter detectado indícios da elaboração na autarquia de materiais de propaganda usados por candidaturas da CDU a quatro câmaras do Baixo Alentejo nas últimas eleições autárquicas.

“Com base em indícios detectados e testemunhos recolhidos, formulámos uma queixa que foi apresentada ao Ministério Público para se investigar o que realmente aconteceu e quais foram os funcionários e eleitos envolvidos para se apurarem responsabilidades”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Beja, Jorge Pulido Valente.

Segundo o autarca, durante a campanha eleitoral, “havia suspeitas, criadas por funcionários da Câmara, de que a concepção gráfica e a impressão de alguns materiais das candidaturas da CDU às Câmaras de Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo e Mértola teriam sido realizadas por funcionários, sob a orientação de eleitos do anterior executivo CDU e no Gabinete de Informações e Relações Públicas (GIRP) da Câmara de Beja”.

Após a posse do novo executivo PS, que conquistou a Câmara de Beja acabando com o domínio comunista de 33 anos, “foram feitas várias averiguações, detectados alguns indícios e recolhidos testemunhos que indiciam que assim terá sido”, disse Jorge Pulido Valente.

Apesar de se escusar a precisar o tipo de indícios detectados, o autarca disse que estão nos discos rígidos de “três computadores” e nos registos de impressoras do GIRP que “estão à disposição para o Ministério Público fazer as averiguações que entender”.

Os três computadores “estão selados e guardados” e “as impressoras, por serem necessárias, estão ao serviço, mas os registos feitos nas memórias das máquinas estão salvaguardados”, garantiu.

A Lusa tentou sem sucesso contactar o vereador da oposição CDU da Câmara de Beja e que integrou o anterior executivo, Miguel Ramalho.

LL.

Lusa/Tudoben

Comments: 0