Beja: Incêndio destrói parte do edifício do departamento técnico da Câmara

Views: 797

Um incêndio destruiu hoje de madrugada parte do edifício do departamento técnico da Câmara de Beja, provocando danos materiais “avultados” e obrigando à demolição de duas paredes que ameaçavam ruir, disse à agência Lusa fonte da autarquia.

    Segundo o vereador Francisco Caixinha, o incêndio, que deflagrou por volta das 00:00 e foi extinto três horas depois, afectou a ala esquerda do primeiro andar do edifício, situado no centro histórico de Beja, na rua da Moeda, junto à Praça da República.

 

“Os danos materiais são bastante avultados”, lamentou o autarca, referindo que as chamas, além de mobiliário e de material informático, destruíram documentação “muito importante” dos serviços que funcionavam na zona afectada, nomeadamente as divisões de obras municipais e de administração urbanística e os gabinetes jurídico, de fiscalização e de trânsito.

    Após a extinção do incêndio, os bombeiros e a Protecção Civil demoliram “duas paredes da ala afectada que ameaçavam ruir”, disse Francisco Caixinha.

    Apesar de as chamas não terem afectado o rés-do-chão do edifício, onde estão instalados “300 metros lineares” do Arquivo Municipal, disperso por vários edifícios da Câmara, parte daquele espólio “foi afectado pela água usada no combate às chamas”, explicou Francisco Caixinha.

    As causas do incêndio, que ainda não são conhecidas, vão ser apuradas pela Polícia Judiciária, mas os bombeiros suspeitam que “poderá ter sido provocado por um curto-circuito”, disse à Lusa o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Beja, Pedro Barahona.

    A operação de combate ao incêndio envolveu 67 homens, 12 viaturas, duas ambulâncias e um carro de comando de sete corporações de bombeiros do distrito de Beja, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

   

    LL.

    Lusa/Tudoben

Comments: 0