Beja: Suspeito de homicídio de homem de 32 anos fica em prisão domiciliária

Views: 589

O suspeito do homicídio de um homem de 32 anos, domingo de manhã, junto a um estabelecimento de diversão nocturna em Beja, vai aguardar julgamento em prisão domiciliária, anunciou ontem fonte policial.

    O homem, que é suspeito da prática de um crime de homicídio qualificado foi detido pela Polícia Judiciária (PJ), através da Directoria de Faro.

    De acordo com a PJ, a vítima terá agredido um familiar do detido com um objecto contundente, o que levou a que este, munido de uma pistola de calibre 6,35 milímetros, já apreendida, tivesse feito vários disparos que lhe causaram a morte.

    Fonte policial explicou à agência Lusa que o detido é irmão de um jovem que terá sido agredido pela vítima e “foi parar ao hospital”, algumas horas antes do crime.

    Ao que tudo indica, explicou a mesma fonte, na madrugada de domingo, no interior de um bar de Beja, a vítima ter-se-á envolvido numa briga e agredido o irmão do alegado homicida.

    Mais tarde, “por volta das 07:15”, à saída do bar, o alegado homicida terá disparado “três tiros à queima-roupa”, um dos quais “atingiu a vítima na cabeça”.

    O presumível autor dos disparos pôs-se de imediato em fuga, mas foi detido pela PJ na segunda-feira.

    O detido, de 23 anos, foi sujeito a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão domiciliária, adianta a Judiciária.

   

    MLM/LL.

    Lusa/Tudoben

Comments: 0