Cercal do Alentejo: Feira de S. Martinho no sábado para pagar pintura da Igreja Matriz

Views: 581

A Liga dos Amigos do Cercal do Alentejo (Santiago do Cacém) promove sábado uma feira de S. Martinho, com venda de produtos oferecidos pela população, para custear uma nova pintura para a igreja da vila.

    Preocupada com a “cor cinzenta” das paredes da Igreja Matriz, que se avista “desde a entrada até à saída” da localidade, a associação cívica decidiu empreender mais uma das suas iniciativas, cujas receitas revertem a favor de uma causa pública.

    “A igreja está em muito mau estado e o senhor padre não tem dinheiro para mandar pintar as paredes, que já deixaram de ser brancas há muito tempo. Nós, como normalmente fazemos acções para angariar dinheiro, decidimos ajudar”, explica Helena Melo, vice-presidente da Liga, em declarações à agência Lusa.

    O pagamento das tintas, avaliadas em 1.500 euros, está já assegurado, através de verbas provenientes de outras actividades da associação.

    A este valor acresce a mão-de-obra, avaliada em 4.000 euros, verba que a Liga pretende recolher nos próximos tempos.

    “Esperamos recolher o máximo possível com a feirinha de S. Martinho. Pode ser que o santo, como é para pintar a igreja, nos ajude”, graceja Helena Melo.

    A partir das 10:00 de sábado, o Largo dos Caeiros, no centro da vila, recebe a feira, onde serão vendidos diversos produtos recolhidos através de uma campanha realizada junto da população.

    Em simultâneo, a Liga recupera a tradição do “Pão por Deus”, com mais de 60 anos.

    “Nessa altura, os miúdos mais necessitados andavam pelos campos com os seus taleigos a pedir o Pão por Deus, que lhes era dado sob a forma de diversos produtos”, recorda a porta-voz da associação.

    Batatas-doces, mel, marmelos, cebolas e maçãs eram algumas das ofertas de então, que a Liga tenciona colocar à venda sábado.

    “Assim, estaremos ao mesmo tempo a recuperar aquelas tradições que os mais novos não conhecem”, salienta.

    Exposição e venda de artesanato e quermesse são outras das actividades do dia, que termina com um magusto, na parte da tarde.

    Castanha assada, água-pé, batata-doce assada e sangria abrem então o apetite para o resto da festa, ao som de música popular.

   

    RE.

    Lusa/Tudoben

Comments: 1

  1. Muito bem, muito bem!!!
    Boa iniciativa e até au vou articipar quando fôr ao Cercal!!
    Cda um acretita no que quer, mas uma igreja branqunha é mais bonito que com paredes sujas.