Fotografia: Município de Mora e Estação Imagem lançam Prémio Internacional para incentivar fotojornalistas

Views: 5097

mora_notÉvora – Um Prémio Internacional de Fotojornalismo, com carácter anual, vai ser instituído a partir de 2010 pela Associação e Projecto Cultural Estação Imagem e pelo município alentejano de Mora (Évora), foi ontem anunciado.

O galardão é destinado a fotojornalistas portugueses, incluindo os que residem no estrangeiro, estrangeiros moradores em Portugal e a fotojornalistas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e estrangeiros residentes nos PALOP.

Segundo os promotores, o Prémio Internacional de Fotojornalismo é instituído pelo “cada vez menos espaço nos media para a reportagem fotográfica, funcionando como um incentivo para os fotojornalistas”.

O lançamento do concurso decorre esta sexta-feira durante a inauguração da exposição “Lugares Alentejanos na Literatura Portuguesa”, que reúne 12 fotógrafos e dois designers e que vai estar patente ao público num hotel de Évora até 17 de Dezembro.

A mostra reúne um conjunto de 39 fotografias e seis ilustrações, seleccionadas entre o material recentemente publicado no livro com o mesmo título, editado pela Estação Imagem, com o apoio da Câmara Municipal de Mora.

Segundo os promotores, o corpo da exposição é o resultado da leitura, por catorze criadores de imagem, de outras tantas obras da literatura portuguesa do século XX ligadas ao Alentejo e assinadas por escritores como Florbela Espanca, Vergílio Ferreira e José Saramago.

António Carrapato, Bruno Portela, Bruno Rascão, Céu Guarda, Fernando Veludo, José Manuel Ribeiro, Leonel de Castro, Luísa Ferreira, Luís Barra, Luís Ramos, Luís Vasconcelos e Pedro Letria, e os designers Henrique Cayatte e José Pinto Nogueira, são os protagonistas da exposição.

A mostra inclui ainda três trabalhos de Eduardo Nogueira, um precursor da fotografia em Évora, activo durante a primeira metade do século XX, acompanhados de um texto da jornalista Vanessa Rato.

Quanto ao Prémio Internacional de Fotojornalismo, integra seis categorias fixas: notícias, vida quotidiana, acção no desporto, ambiente, arte e espectáculos e série retrato, além de uma categoria rotativa de reportagem que, em 2010, vai ter como tema “2009 ano de eleições”.

Os prémios do concurso por categorias têm um valor pecuniário de 2.500 euros, cabendo ao Prémio Mora/Estação Imagem, eleito entre todos os trabalhos a concurso, 7.500 euros.

O Prémio Internacional de Fotojornalismo inclui ainda a atribuição de uma bolsa de 5.000 euros a um fotojornalista para desenvolver um projecto fotográfico dedicado ao Alentejo.

A exposição “Lugares Alentejanos na Literatura Portuguesa” é o primeiro projecto desenvolvido pela Estação Imagem, uma associação sem fins lucrativos que se dedica ao estudo e promoção da imagem, com particular enfoque na fotografia documental.

A sede da associação está projectada para o edifício da desactivada estação de caminhos-de-ferro de Mora, cujo início das obras de reconversão está marcado para o próximo ano.

SYM.

Lusa/Fim

Comments: 0