Portalegre: CERCI vai despedir 10 funcionários no final do ano

Views: 689

 CERCI de Portalegre vai despedir dez funcionários no final deste ano, como forma de fazer face à crise financeira que atravessa a instituição, disse hoje à agência Lusa fonte sindical.

    “O projecto de reestruturação da CERCI impõe o despedimento de dez funcionários”, especificou Florinda Castanho, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores e Técnicos de Serviços (SITESE).

   

De acordo com a sindicalista, a decisão de despedir dez funcionários surgiu na sequência de uma reunião realizada ontem entre a administração da CERCI e o Instituto de Segurança Social.

    “O Instituto de Segurança Social apelou à reestruturação da instituição, mas nunca falou, nem impôs os despedimentos, mas a única solução que a CERCI encontrou para o problema foi os despedimentos”, alegou.

    O Instituto da Segurança Social vai disponibilizar, na próxima semana, uma verba para que sejam “pagos os vencimentos, subsídios de férias e de Natal até ao final do ano, bem como o dinheiro das indemnizações para os funcionários que vão ser despedidos”, adiantou.

    Trata-se, segundo responsáveis locais, do primeiro passo para que a CERCI de Portalegre possa também fazer face às dívidas que tem para com os fornecedores da instituição, que conta com mais de 50 trabalhadores e mais de 100 utentes.

    Face aos problemas financeiros com que a instituição se depara, um grupo de pais de crianças utentes da CERCI de Portalegre promove esta quarta-feira uma concentração, junto ao Governo Civil da cidade, para protestar contra os despedimentos previstos.

    A manifestação está marcada para 12:00, junto ao Governo Civil de Portalegre, segundo disse à Lusa Olinda Silva, da comissão organizadora.

   

    HYT.

    Lusa/Tudoben

Comments: 0