Teatro: Peça “O Fim” estreia em Évora

Views: 656

teatroÉvora – “O Fim”, do dramaturgo António Patrício e considerado um clássico da Literatura Portuguesa Dramática do século passado, é o espectáculo que o Centro Dramático de Évora (Cendrev) estreia quinta-feira no Teatro Garcia de Resende, na cidade alentejana.

A companhia teatral divulgou hoje que a nova produção vai ficar em cena, em Évora, até ao dia 31 deste mês, com espectáculos às 21:30, de quarta-feira a sábado, e às 16:00, aos domingos.

“O Fim – História dramática em dois quadros” foi publicada em 1909, um ano antes da queda da monarquia.

A obra, “fortemente marcada pelos movimentos estéticos do Simbolismo e do Expressionismo”, segundo o Cendrev, é “uma fábula teatral construída a partir de dados vindos da conturbada situação social e política do país, no quadro da Europa de então”.

A peça está recheada de uma “fascinante galeria de personagens”, de entre as quais “a enlouquecida Rainha Velha, inspirada na Rainha-Avó Maria Pia, que perdeu a razão depois do Regicídio de 1908”, acrescenta a companhia profissional.

“Trata-se de um poderoso retrato poético das angústias e utopias do Portugal de há cem anos, escrito por um grande estilista da nossa língua, dez anos mais velho do que Fernando Pessoa e cuja obra este muito admirava”, pode ler-se na página de Internet do Cendrev.

A nova produção do Centro Dramático de Évora conta com encenação de Victor Zambujo e é interpretada pelos actores Rui Nuno, Jorge Baião, Maria Marrafa, Rosário Gonzaga e Álvaro Corte-Real.

Nascido no Porto, António Patrício, falecido em 1930, foi poeta, ficcionista e dramaturgo.

RRL.

Lusa/Fim

Comments: 0