Elvas: Ingleses evocam Batalha de La Albuera e anunciam reabertura de capela (

Views: 852

cemi_ingleses02A Associação dos Amigos do Cemitério dos Ingleses, em Elvas, assinalou esta sexta-feira o 199.º aniversário da Batalha de La Albuera, anunciado a reabertura, a 24 de junho, da capela de São João da Corujeira, localizada junto ao cemitério.

“Tem sido com muito empenho que temos vindo a desenvolver o trabalho de restauração da capela e agora podemos dizer que irá reabrir no próximo dia 24 de junho. É para nós uma grande satisfação”, disse à agência Lusa o major britânico Nick Hallidie, membro da associação de amigos.

O cemitério dos ingleses situa-se no baluarte de S. João de Corujeira, ao alto na muralha Leste da cidade de Elvas e dispõe de uma capela fundada em 1228 pelos frades da Ordem dos Hospitalários.

No cemitério estão sepultados cinco militares britânicos, que morreram na batalha de La Albuera, na província de Badajoz (Espanha) e são representativos dos milhares de soldados aliados que perderam a vida na batalha.

Nas celebrações evocativas do 199.º aniversário da batalha, realizadas em Elvas, esteve presente o embaixador da Grã-Bretanha em Lisboa, Alexander Ellis.

“O que têm feito aqui neste local, cemitério dos ingleses, tem sido um trabalho notável. Revela persistência e dedicação dos britânicos, mas também dos elvenses. Estou muito emocionado”, afirmou o embaixador.

Don Augusto Athayde, conde de Albuquerque e presidente da Ordem de Malta em Portugal também se mostrou muito agradado com o empenho da comunidade inglesa nesta região transfronteiriça.

“A Ordem de Malta tem nove séculos de história em Portugal e ajudamos instituições públicas e privadas que tenham no seu património vestígios desta Ordem e foi isso que aconteceu com este cemitério britânico, que tem uma capela e que nós ajudámos a recuperar, disponibilizando três mil euros para que o templo pudesse novamente voltar a ser um local de culto”, explicou.

No decorrer da cerimónia desta sexta-feira, as entidades presentes, civis, militares e diversos regimentos britânicos, depositaram coroas de flores junto das campas onde foram sepultados os corpos dos oficiais ingleses mortos na Batalha de La Albuera, travada a 16 de maio de 1811.

O confronto militar enquadrou-se na Guerra Peninsular, onde as forças aliadas de Portugal, Espanha e Inglaterra lutaram contra os invasores franceses – o exército de Napoleão Bonaparte.

A Guerra Peninsular ocorreu no início do século XIX, entre 1807 e 1814, na Península Ibérica.

Todos os anos, a data é evocada pela Associação dos Amigos do Cemitério dos Ingleses, em colaboração com militares de Portugal e Extremadura espanhola.

AYRM.

***Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Lusa/Tudoben

Comments: 0