Entidade Regional do Alentejo quer criar Observatório em parceria com instituições de ensino superior

Views: 6338

O presidente da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo, António Ceia da Silva, anunciou hoje a intenção de criar um Observatório do Turismo, em parceria com a Universidade de Évora e os institutos politécnicos de Beja e Portalegre.

    O projecto, segundo o presidente da Turismo do Alentejo, pretende obter “dados concretos sobre a procura e a satisfação turística”, podendo arrancar em 2009.

    Ceia da Silva, que hoje cessou as funções de deputado, falava aos jornalistas à margem da cerimónia de tomada de posse dos dirigentes do ERT do Alentejo, realizada em Évora.

    “Porque é que as pessoas vêm, ou não vêm ao Alentejo, porque é que deixaram de vir e de que forma vieram”, são algumas das questões que Ceia da Silva quer ver respondidas pelo Observatório do Turismo.

    A reabertura dos antigos postos de turismo, junto às fronteiras, é outra das medidas propostas pelo presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo.

    “Os postos já estão desactivados há muito tempo, mas penso que são o primeiro cartão de visita do país”, considerou.

    Ceia da Silva pretende ainda criar um gabinete de apoio ao investidor e à iniciativa turística para “acompanhar as acções que já estão no terreno e os novos investimentos que possam surgir”.

    O antigo deputado socialista traçou ainda como objectivo o “investimento na marca Alentejo para que a região se posicione decisivamente no mercado português e possa ganhar força no mercado internacional”.

    Ceia da Silva foi eleito segunda-feira presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo por 91,6 por cento dos votos expressos.

    Num universo de 53 entidades envolvidas na votação, compareceram 48 ao acto eleitoral, tendo a lista encabeçada por Ceia da Silva, a única a apresentar-se a sufrágio, recolhido 44 votos.

    De acordo com uma fonte ligada ao processo eleitoral, foram ainda registados quatro votos em branco.

    Dos 47 municípios que compõem a região do Alentejo, votaram 28, tendo ficado excluídas as autarquias lideradas pelo PCP por não terem integrado, numa fase inicial, a Área Regional de Turismo do Alentejo.

   

    SYM.

    Lusa/Tudoben

Comments: 1