Natal: Vila Viçosa mostra 60 presépios de coleccionadores portugueses e estrangeiros

Views: 588

A quadra de Natal está a ser assinalada em Vila Viçosa com uma exposição de 60 presépios seleccionados, de coleccionadores particulares portugueses e estrangeiros, enquanto a vizinha cidade de Estremoz apresenta presépios de artesãos.

    Na Igreja de Santa Cruz, em Vila Viçosa, são apresentados, até ao Dia de Reis, a 06 de Janeiro, presépios de várias origens, com destaque para os exemplares do Alentejo, sobretudo da barrística de Estremoz.

    Carlos Filipe, da Confraria da Santíssima Trindade de Vila Viçosa, instituição que organizou a mostra, disse hoje à agência Lusa que a exposição inclui presépios de coleccionadores de várias localidades do país e de Moçambique, Colômbia, Peru, Itália e países escandinavos.

    Segundo Carlos Filipe, a mostra engloba ainda dois presépios do século XVIII, que integram o acervo do futuro Museu de Arte Sacra de Vila Viçosa.

    A centenária Confraria da Santíssima Trindade de Vila Viçosa tem “pugnado desde há vários anos pela cultura religiosa” naquela vila alentejana, desenvolvendo vários eventos ligados à Páscoa, procurando sempre “preservar a tradição popular e culto religioso”.

    Esta é a primeira exposição de presépios, de colecções particulares, que decorre nas instalações recentemente recuperadas da Igreja de Santa Cruz, destinadas ao futuro Museu de Arte Sacra de Vila Viçosa.

    A igreja, anexa ao antigo Convento de Santa Cruz, localizada na Rua Florbela Espanca, edifício do século XVI, foi recentemente objecto de intervenção nas diversas áreas da sua estrutura, beneficiando de melhoramentos no seu interior.

    De acordo com a Confraria da Santíssima Trindade, com a reabertura daquele “nobre espaço”, fica Vila Viçosa “enriquecida” com mais um lugar expositivo, que “muito dignifica” a vila.

    Em Estremoz, também está patente uma exposição de presépios, mas feitos por artesãos de Estremoz, Évora, Espanha, Itália, Panamá e Peru.

    A mostra, denominada “Natividade no Artesanato de Estremoz e do Mundo”, pode ser apreciada no salão nobre da Câmara Municipal da cidade alentejana, até 11 de Janeiro.

    O vereador do pelouro da Cultura do município de Estremoz, João Carlos Chouriço, realçou que a mostra pretende contribuir para a criação de laços culturais com outros países que apresentam presépios na exposição.

    O autarca adiantou que o município aposta também na promoção do diversificado artesanato de Estremoz, sobretudo a barrística.

    Trata-se de uma mostra de presépios de artesãos, onde o tema é retratado de forma artística e com recurso a diversos materiais.

    O presépio de Estremoz é actualmente muito solicitado aos barristas locais, sendo uma peça realizada por todos eles.

    Segundo a autarquia, também os artesãos de Estremoz que trabalham outras matérias-primas, nomeadamente cortiça, madeira ou metal, têm nos últimos anos iniciado “um trabalho de grande interesse na representação da Natividade”, como atestam as peças incluídas na exposição.

   

    TCA.

    Lusa/Tudoben

Comments: 0