Ponte de Sor – freguesia acumula vários milhares em dívidas

Views: 4066

Galveias: Junta rica sem dinheiro

 

Uma das mais ricas juntas de freguesia do País, proprietária por testamento de várias dezenas de herdades agrícolas e prédios de elevado valor como o que ardeu em Julho último no centro de Lisboa, atravessa desde 2007 uma grave crise de liquidez financeira.

Na origem do descalabro na contabilidade de Galveias terá estado a construção de um megacomplexo de piscinas na pequena vila, pago com dinheiro proveniente da campanha da cortiça. A junta, liderada pela CDU, é acusada de gestão danosa pela Oposição, que diz que as dívidas são de meio milhão de euros.

” Considero que há gestão danosa. As piscinas deviam ter sido feitas e pagas faseadamente”, disse ao CM Carlos Sousa, do PSD local. Este partido chegou a pedir uma fiscalização às contas da junta, mas nunca se concretizou o processo. “Percebemos que estava a haver danos na gestão por falta de conhecimento de algumas leis”, acusou outro militante do partido, Leandro Covas. O CM contactou, ainda, Luís Laranjeira, vereador da Câmara de Ponte de Sor (PS) e ex-presidente da junta, que optou, no entanto, por não prestar declarações.

Ainda de acordo com a Oposição, no final das funções do antigo executivo ficaram 700 mil euros em caixa nas contas correntes da freguesia – que dedica grande parte da sua actividade à gestão agrícola das herdades de que é proprietária, funcionando como uma espécie de cooperativa.

 

Fonte: Correio da Manhã

 

Ler mais

Comments: 0