Portalegre:Workshop de Lomografia

Views: 672

Nota de Imprensa:

O Núcleo de Fotografia do Instituto Politécnico de Portalegre abriu pré-inscrições (intenção de participar SEM COMPROMISSO) para o Workshop de Lomografia a realizar da Escola Superior de Educação de Portalegre, ainda não agendado.

O NFIPP está a solicitar aos interessados uma pré-inscrição SEM COMPROMISSO para o Workshop de Lomografia, para efeitos de viabilização do mesmo.

O Workshop consiste numa actividade fotográfica com diversas câmaras Lomo, sob orientação de um formador da Embaixada Lomográfica de Lisboa e na realização de uma LomoHome com as imagens produzidas (exposição).
O custo aproximado para participação rondará os 14 Euros sendo os consumíveis fornecidos pela organização (1 rolo fotográfico, revelação e cd).

Para este efeito, por favor enviar uma mensagem de  e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar com identificação e contacto preferencial, afirmando o seu interesse em participar no referido Workshop SEM COMPROMISSO.

Para mais informações…

WORKSHOP LOMOGRAFIA

(fonte: Embaixada Lomográfica de Lisboa)

EM QUE CONSISTE?

Realização de uma oficina para a formação e experimentação dos princípios, conceitos e técnicas lomográficas, para 12 participantes.

AS OFICINAS DEVEM SER PROGRAMADAS DE ACORDO COM A FAIXA ETÁRIA DOS PARTICIPANTES.
AS OFICINAS CONSTITUEM UMA EXCELENTE FORMA DE INTRODUÇÃO À LOMOGRAFIA E À PRÓPRIA FOTOGRAFIA. AS CÂMARAS LOMOGRÁFICAS SÃO DE UTILIZAÇÃO SIMPLES, IMEDIATA E ESPONTÂNEA, FACTO QUE INCREMENTA O INTERESSE DAS PESSOAS PELA ACTIVIDADE.

As câmaras lomográficas e material fotográfico necessário são cedidos pela Sociedade Lomográfica.
A duração do evento é discutida entre as partes sendo que o modelo habitual praticado tem sido o seguinte:
1 ou 2 tardes/manhãs : (aula+ shot lomográfico + visualização resultados)
A visualização resultados é realizada através de projecção vídeo ou da construção de uma página internet.

O QUE É A LOMOGRAFIA?

A “Lomomania” começa em Praga em 1991, quando dois jovens vienenses, de férias na capital da República Checa, descobriram a máquina Lomo.
Começaram então a fotografar tudo, muitas vezes sem sequer olhar através da objectiva. De regresso a casa, o fascínio dos dois fotógrafos pela cor, a luz e a qualidade das imagens foi tão contagioso que rapidamente a moda das Lomo se espalhou entre os jovens da cidade.
Em 1995 nascia em Viena, Áustria, a Sociedade Lomográfica e a primeira LomoEmbaixada, com o objectivo de impedir o desaparecimento das pequenas máquinas fotográficas russas, uma vez que a fábrica de São Petersburgo tinha acabado com a produção. A Sociedade Lomográfica organizou uma série de vendas de Lomos, no âmbito de diversos eventos culturais, que serviram para afirmar o valor artístico da Lomografia.

VALOR ARTÍSTICO DA LOMOGRAFIA

A arte de fotografar com uma Lomo consiste em fotografar ao acaso, de forma imprevisível.
A Lomografia não é uma fotografia encenada,produzida; é uma fotografia do quotidiano.
Um dos grandes projectos da Sociedade Lomográfica, em colaboração com as várias embaixadas espalhadas por mais de 50 cidades em todo o mundo, é a constituição do LomoWorldArchive, um registo visual, à escala mundial, graças às fotografias do lomógrafos de todo o mundo.

As 10 REGRAS DE OURO:

01 . Leva a tua Lomo onde quer que vás.

02 . Usa-a a qualquer hora do dia ou da noite.

03 . A Lomografia não interfere na tua vida, torna-se parte dela.

04 . Aproxima-te o mais possível do objecto a fotografar, se assim o desejares.

05 . Não penses… lomografa.

06 . Sê rápido.

07 . Não precisas de saber antecipadamente o que fotografaste.

08 . Nem depois.

09 . Fotografa de qualquer ângulo.

10 . Não te preocupes com quaisquer regras.

esep.pt – nucleodefotografia

Comments: 0