Reguengos de Monsaraz:Náná Sousa Dias e Big Band do Município da Nazaré no Festival de Jazz de Reguengos de Monsaraz

Views: 666

band_big_nazareO quarteto saxofonista Náná Sousa Dias e a Big Band do Município da Nazaré vão actuar no 1º Festival de Jazz de Reguengos de Monsaraz, que decorre nos dias 19 e 20 de Março no Auditório Municipal. Organizado pelo Município de Reguengos de Monsaraz, o festival integra ainda workshops de trompete e de saxofone.

Na sexta-feira, entre as 15h e as 17h, no Auditório Municipal, haverá um workshop de saxofone com Náná Sousa Dias e no sábado, no mesmo horário, decorrerá um workshop de trompete com Vitor Guerreiro. As inscrições para os workshops são gratuitas e poderão ser efectuadas nos Serviços de Cultura da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz.

O quarteto saxofonista Náná Sousa Dias sobe ao palco na sexta-feira pelas 21h30. Náná Sousa Dias tornou-se músico profissional em 1981 quando integrou a “Banda Atlântida”, de Lena d`Água, ingressando dois anos depois na banda de Rui Veloso com quem grava o álbum “Guardador de Margens”.

O percurso musical de Náná Sousa Dias é feito também em clubes e festivais de jazz, tendo lançado o seu primeiro disco a solo, “Ousadias”, em Dezembro de 1986. Dois anos depois foi editado o álbum “Aqui Tudo Bem”, em 1994 produziu o disco “Salsetti”, de Bernardo Sassetti, e um álbum com temas de Natal. Em 1995 editou um disco de homenagem a Tom Jobim, denominado “Tom Maior”, e no ano seguinte lançou o álbum “Os Melhores Temas de Natal”.

Náná Sousa Dias é um dos mais carismáticos saxofonistas portugueses, tendo colaborado com alguns dos melhores artistas nacionais, como Rui Veloso, Paulo de Carvalho, Vitorino, Janita Salomé ou Carlos do Carmo, e internacionais como Freddie Hubbard, Benny Golson, Eddie Henderson, Ivan Lins e Paquito D`Rivera.

No sábado, pelas 21h30, actua a Big Band do Município da Nazaré, que é composta por cinco saxofones (dois altos, dois tenores e um barítono), quatro trompetes, quatro trombones, piano, guitarra, baixo, bateria e voz. Formada em 1999, o seu repertório é baseado em “standard’s” de Jazz e composições para Big Band de autores como Duke Ellington, Count Basie e Dizzy Gillespie, incluindo também temas mais contemporâneos de compositores como Chick Corea, Herbie Hancock e Quincy Jones.

Nos concertos, a Big Band do Município da Nazaré apresenta um repertório variado ao integrar músicas com ritmos de influência latino-americana e alguns originais de estilo “Funk”. Esta Big Band, que tem actuado em Portugal, Espanha e Alemanha, lançou o primeiro disco em 2003.

Os bilhetes para cada espectáculo do Festival de Jazz custam 2,5 euros e podem ser adquiridos antecipadamente no Posto de Turismo e no próprio dia no Auditório Municipal.

C.B.

Comments: 0