Autarquia de Borba aprovou parceiro para a execução de projectos

Views: 1671
 

A Câmara Municipal de Borba abriu um procedimento para a selecção de uma pessoa colectiva de direito privado para participar com a autarquia na constituição de uma sociedade comercial de capitais minoritariamente públicos. Em reunião de Câmara foi aprovada a proposta que resultou do procedimento, constituída por um agrupamento de quatro empresas, composto por Irmãos Cavaco, S.A., FDO – Construções, S.A., Ensulmeci – Gestão de Projectos de Engenharia, S.A. e Construções Gabriel A.S. Couto, S.A

 

  

O modelo organizacional e contratual proposto para o procedimento assenta no modelo das parcerias público-privadas de âmbito municipal, possibilitando à autarquia uma solução para a concretização de importantes projectos para o concelho, tendo por base o aproveitamento das capacidades e know-how do sector privado, conjugadas com as virtualidades do sector público, tendo em vista a disponibilização de infra-estruturas com os menores custos possíveis.

O objectivo da sociedade é o desenvolvimento, construção e conservação da Piscina Municipal Descoberta e o Parque Industrial do Alto dos Bacelos, com a realização de loteamentos e respectiva comercialização dos lotes. A construção da Piscina Municipal Descoberta está estimada em 1 milhão de euros e integra a ampliação do Parque Desportivo de Borba, complementando a Piscina Municipal Coberta já construída pela autarquia, incentivando a diversificação das modalidades e a prática desportiva por parte da população, conferindo condições de treino e realização de provas desportivas. A construção do Parque Industrial do Alto dos Bacelos está estimada em 3,7 milhões de euros, que abrangerá uma área de 48 hectares, disponibilizando 55 lotes de dimensões variadas destinados à instalação de actividades dos sectores da indústria, logística e armazenagem, com áreas de equipamentos de utilização colectiva, comércio, serviços, recreio e lazer, enquadrados por vastas áreas verdes. A instalação de empresas no futuro Parque Industrial beneficiará de excelentes acessibilidades, através da Variante à EN255 permite a ligação à rede viária nacional, nomeadamente à A6, EN4 e IP2, e redes transeuropeias de transportes, com a ligação a Espanha.

Comments: 0