Fronteira: Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros abre em setembro, após investimento de três ME

Views: 823

fronteiraFronteira, Portalegre, 25 mar (Lusa) – O município alentejano de Fronteira anunciou hoje a inauguração, em Setembro, de um Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros, após um investimento de três milhões de euros.

Em declarações à Agência Lusa, o presidente da Câmara de Fronteira, Pedro Lancha, indicou que espera inaugurar o centro de interpretação na “segunda quinzena de setembro”.

“Nós queremos inaugurar nessa altura do ano para que possamos servir as escolas de todo país, que, durante o mês de setembro, estão a programar as suas visitas de estudo e os seus respetivos planos de actividade”, acrescentou.

De acordo com o autarca, as obras de construção civil do Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros estão “concluídas”, seguindo-se nesta altura o concurso público para avançar com os arranjos exteriores.

O equipamento, erguido na antiga Escola Básica Integrada, situa-se na avenida Heróis dos Atoleiros, no centro daquela vila alentejana.

“Este projeto está também inserido num programa de requalificação urbana. O equipamento vai surgir na antiga Escola Básica Integrada, que será desta forma totalmente requalificada”, explicou Pedro Lancha.

A Batalha dos Atoleiros ocorreu a 06 de abril de 1384, no sítio pantanoso de Atoleiros, entre Fronteira e Sousel.

Nessa batalha, Nuno Álvares Pereira venceu a cavalaria castelhana, apesar desta ser em maior número, utilizando pela primeira vez a tática do quadrado.

Da parte portuguesa não se registaram mortos, nem feridos, ao contrário dos invasores que sofreram pesadas baixas.

O Centro de Interpretação da Batalha dos Atoleiros apresenta-se como um projeto destinado a mostrar aos visitantes uma reconstituição daquela batalha histórica, através de meios multimédia.

“Através de simuladores e de outros adereços multimédia, nós seremos transportados para a época medieval e expostos perante o desenrolar da batalha”, explicou o autarca de Fronteira.

O projeto de construção deste equipamento foi alvo de uma candidatura ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e será co-financiado por fundos comunitários, num investimento de cerca de três milhões de euros.

Para assinalar os 626 anos da Batalha dos Atoleiros, o município de Fronteira projeta ainda realizar, entre os dias 03 e 04 de abril, a reconstituição histórica da batalha, uma feira medieval e um torneio medieval.

HYT.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/Tudoben

Comments: 0