Mau Tempo: 14 distritos do Continente, Madeira e grupo Oriental dos Açores sob aviso laranja devido à chuva e vento forte – IM

Views: 5051

ventos_notO Instituto de Meteorologia (IM) colocou hoje sob aviso laranja 14 distritos de Portugal Continental, a Madeira e o grupo Oriental do arquipélago dos Açores devido à previsão de chuva e vento forte e agitação marítima.

Sob aviso laranja – situação meteorológica de risco moderado a elevado – estão os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Aveiro, Lisboa, Castelo Branco, Guarda, Setúbal, Beja, Leiria, Coimbra, o arquipélago da Madeira e as ilhas S. Miguel e Santa Maria, do grupo Oriental dos Açores, devido à previsão de chuva e vento forte e agitação marítima.

O IM colocou sob aviso amarelo – o segundo menos grave de uma escala de quatro – os distritos de Portalegre, Évora, Santarém e Faro e os grupos Central (Terceira, Graciosa, S. Jorge, Pico e Faial) e Ocidental (Flores e Corvo) do arquipélago dos Açores devido à chuva e vento forte, agitação marítima e ocorrência de trovoadas.

Para hoje, o IM prevê céu muito nublado, chuva, por vezes forte, queda de neve até ao início da manhã no nordeste transmontano acima dos 800/1000 metros e acima dos 1400 metros na Serra da Estrela, condições favoráveis à ocorrência de trovoadas e subida da temperatura.

Prevê-se também vento moderado a forte de sudoeste, soprando com rajadas da ordem dos 70 km/hora no litoral. Nas terras altas, o vento será forte a muito forte de sudoeste com rajadas até 110 km/hora.

Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 18º Celsius, no Porto 16º, em Faro 19º e em Bragança e na Guarda 10º.

De acordo com informação disponível no site da Marinha, a barra marítima da Póvoa de Varzim está encerrada à navegação devido à agitação marítima.

A barra de Aveiro está fechada a embarcações com comprimento inferior a 15 metros e a da Figueira da Foz a embarcações com comprimento inferior a 11 metros.

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) continua em Alerta Azul até ao final de sexta-feira devido à previsão de precipitação e vento pontualmente forte, com eventual queda de neve nos pontos mais altos.

O Alerta Azul é o mais baixo numa escala de quatro e prolonga-se até às 21:00 de sexta-feira.

Este estado de alerta deve-se às previsões do Instituto de Meteorologia para os próximos dias: persistência de precipitação que poderá ser pontualmente forte, com especial incidência no Sul do país.

Prevê-se vento que poderá atingir rajadas de 120 quilómetros por hora nas terras altas, bem como eventual queda de neve nos pontos mais altos do interior Norte e Centro.

A ANPC recomenda que a população deverá “continuar a observar as medidas de prevenção e precaução adequadas ao Inverno, nomeadamente no que se refere à condução de veículos, aos cuidados com os sistemas de aquecimento, lareiras e braseiras, ao frio e às actividades na orla marítima”.

DD/SMM.

Lusa/Fim

Comments: 0