Saúde: Unidade de cuidados continuados de convalescença construída em Vila Viçosa

Views: 984

medicos_notVila Viçosa, Évora, 22 Jan (Lusa) – A Delegação de Vila Viçosa da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) vai construir uma unidade de cuidados continuados de convalescença, com capacidade para 30 camas, revelou hoje à agência Lusa o presidente da delegação, Eduardo Almeida.

O responsável adiantou que a nova unidade envolve um investimento de cerca de 2,8 milhões de euros, incluindo a obra e o equipamento, com uma comparticipação de 750 mil euros da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, através do Programa Modelar.

A obra, segundo Eduardo Almeida, arranca a 02 de Fevereiro e deverá estar concluída em Setembro deste ano.

De acordo com o responsável, a unidade vai permitir a criação de cerca de 50 postos de trabalho, nomeadamente médicos, enfermeiros e funcionários auxiliares e administrativos.

O presidente da delegação da CVP realçou que a unidade, uma das primeiras do Alentejo nesta área, constitui “uma mais valia para o concelho e para o distrito de Évora”.

A unidade vai integrar a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, que funciona em colaboração estreita entre os Ministérios da Saúde e do Trabalho e Solidariedade Social.

A nova valência de saúde é destinada a 30 utentes do Alentejo, mas se tiver vagas pode receber doentes de outras regiões do país.

As unidades de convalescença prestam cuidados em regime de internamento, na sequência de internamento hospitalar ou de agudização de episódios de doença, em período de convalescença, que requeira cuidados clínicos.

Os doentes permanecem neste tipo de unidades por um período não superior a 30 dias.

Segundo Eduardo Almeida, a Câmara Municipal de Vila Viçosa colaborou com a iniciativa efectuando o projecto de espaços verdes.

TCA.

Lusa/Tudoben

Comments: 0