Solidariedade: Expedição motard de Reguengos de Monsaraz à Guiné-Bissau para levar medicamentos e material hospitalar

Views: 459

reguengosReguengos de Monsaraz, Évora – Em Outubro de 2010, três motards vão partir do concelho alentejano de Reguengos de Monsaraz e percorrer 7.500 quilómetros para entregar medicamentos, equipamento e material hospitalar a unidades médicas da cidade de Gabu, na Guiné-Bissau.

Através da campanha “Coração na Guiné – Expedição 2010”, promovida pela Junta de Freguesia de Campinho com a colaboração da Câmara de Reguengos de Monsaraz, vão ser angariados medicamentos, equipamento e material hospitalar para apetrechar o Centro Médico da Casa Emanuel e o Centro de Saúde da Jocum, em Gabu.

A ajuda humanitária angariada vai ser enviada num contentor de barco para a Guiné-Bissau e os motards Joel Fonseca, José Miranda e Rui Sousa vão partir de Campinho e passar por Marrocos, Sara Ocidental, Mauritânia e Senegal até chegarem a Gabu, onde irão entregar os medicamentos, o equipamento e o material hospitalar, explicou hoje à Lusa fonte do município alentejano.

A expedição, que surge após a campanha realizada este ano e que angariou 62 toneladas de alimentos, roupa e material escolar para o orfanato Casa Emanuel, em Bissau, pretende angariar e enviar mais ajuda humanitária para a população carenciada da Guiné-Bissau, “um dos países mais pobres do mundo onde a taxa de mortalidade materno-infantil não pára de crescer”, frisa o município.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, “é um dever o município associar-se a iniciativas de carácter humanitário que vão levar algum bem-estar, medicamentos e qualidade de vida às crianças de um país tão carenciado”.

Trata-se de um projecto que “deve contar com a solidariedade e ajuda de todos”, frisou o autarca, apelando ao contributo de “todas as pessoas”, que podem obter as informações necessárias no site oficial da campanha, disponível em www.coracaonaguine.com.

“Vão estar a dar uma grande ajuda a crianças que não têm quase nada e que vivem em condições muito más no seu país”, salientou.

O percurso dos motards, a “componente de aventura” do projecto, poderá ser acompanhado através da RTP1, do site oficial e do blogue da campanha, disponível em www.coracaonaguine.blogspot.com.

Além do envio da ajuda humanitária, a campanha inclui uma vertente de voluntariado, através da qual “pretende encontrar pessoas com disponibilidade para trabalhar no terreno, em áreas como a saúde, educação, puericultura ou lazer”.

A campanha vai também proporcionar um “intercâmbio” entre a Escola Básica do 1º ciclo de Reguengos de Monsaraz e a escola comunitária da Casa Emanuel, para “estimular a criação de laços de amizade e cooperação entre as escolas” de Portugal e da Guiné-Bissau.

O objectivo é que as duas escolas desenvolvam com os alunos “actividades relacionadas com o ‘país irmão’, como o estudo da geografia, da história e da cultura” e “aprenderem a respeitar as diferentes culturas e tradições”, explica o município.

LL.

Lusa/Fim

Comments: 0